Diário da Serra

Incêndios na região continuam incontroláveis

Redação DS / Click Nova Olímpia 09/09/2019 Polícia

Fogo na região de Nova Olímpia é de grandes proporções

Bombeiros tentam apagar as chamas

Na edição desta segunda-feira, o Diário da Serra trouxe como destaque a quantidade de incêndios registrados na região de Tangará, fato que preocupa autoridades e a população consciente. Até o final da edição de ontem, o fogo continuava consumindo e devastando nas imediações da MT-358, região da Serra Tapirapuã, Cerâmica e Fazenda Alto Alegre.


Conforme informou o coordenador da Defesa Civil em Nova Olímpia, Valdeci ‘Braddock’ dos Anjos Gonçalves, o trabalho de contenção dos focos vem sendo desenvolvido por equipes do Corpo de Bombeiros, Usinas Itamarati e diversos fazendeiros e sitiantes da região, porém, pelo menos até o final da tarde de ontem não conseguiram muito sucesso. “Está incontrolável”, disse.


Com todo o fogo desde sábado, Nova Olímpia continua coberta pela fumaça que causa uma série de transtornos à população como o forte cheiro que atrapalha a respiração, bem como a visibilidade.


FOCOS DE CALOR - Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Mato Grosso lidera o ranking de focos de calor, em todo país, com 18.399 registros. O Brasil registrou, neste ano, 98 mil focos de queimadas.


Ainda de acordo com relatório divulgado na sexta-feira, 06, nos últimos sete dias foram registrados 1,9 mil focos no estado. No acumulado do ano os focos de calor subiram 74%, se comparado ao mesmo período do ano passado.


Somente no período proibitivo foram registrados 10.183 focos, um aumento de 104% em relação a 2018.
 

Notícias da editoria