Diário da Serra

Sete foragidos da justiça são capturados em Rondonópolis, Tangará da Serra e Araputanga

Assessoria PM-MT 25/09/2019 Polícia
Polícia

Policiais militares de Rondonópolis, Tangará da Serra e Araputanga capturaram sete homens com mandados de prisão em aberto, durante abordagens realizadas no domingo e segunda-feira (22 e 23.09). As ocorrências apontaram fugitivos da justiça por crimes de tráfico de drogas, venda e porte ilegal de arma de fogo e ato obsceno em local público.

 

Duas ocorrências foram em Rondonópolis e os fugitivos tinham mandados de prisão por tráfico de drogas. O primeiro, identificado como M.D.J.M. (30 anos), andava pela rua quando foi abordado. Já o segundo, foi abordado no bairro Ezequiel Ramim, por policiais em patrulhamento, e identificado como R.M.S. (30).

 

Em Tangará da Serra foram três ocorrências envolvendo tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e prática de ato obsceno em público. No bairro Vila Esmeralda, os policiais abordaram dois homens, identificados como A.P.S. (32) e R.T.M. (34), que estavam juntos em uma rua do bairro. Os dois eram foragidos da justiça porte ilegal de arma de fogo.

 

No bairro Residencial Valência II, uma denúncia apontava que D.J.S.J. (20), fugitivo da justiça, estaria em uma casa. No local, os policiais confirmaram a informação e encontraram o mandado por tráfico de drogas.

 

Uma equipe de patrulha da PM recebeu denúncia de que na área central do município um homem, identificado como E.A.S. (26), estaria expondo os genitais e urinando em via pública, em local próximo ao bosque municipal. Ele foi abordado e militares encontraram o mandado de prisão aberto pelo mesmo motivo: ato obsceno em lugar público.

 

Em Araputanga, no bairro São José, a equipe foi acionada para atender uma ocorrência de maus-tratos. No local apontado na denúncia, os policiais abordaram um homem identificado pelas iniciais V.M.M. (37) e encontraram mandado aberto por venda ilegal de arma de fogo. (Sob supervisão de Maricelle Lima Vieira)

 

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Notícias da editoria