Diário da Serra

Dupla de venezuelanos é presa suspeita de extorquir idosa de 70 anos

Tangará em Foco 29/09/2019 Polícia

Os homens são venezuelanos e trabalham nas ruas vendendo peças

Delegado Adil Pinheiro, responsável pelo caso

Uma idosa de 70 anos de idade acusa dois homens de terem-na extorquido na tarde desta sexta-feira, 27, no estacionamento, em frente a Delegacia de Polícia Judiciária Civil (PJC) de Tangará da Serra.
Os homens são venezuelanos e trabalham nas ruas vendendo peças e acessórios para veículos.
A idosa procurou a polícia e disse que eles a extorquiram e a ameaçaram. O delegado Adil Pinheiro relatou que a mulher foi abordada pelos venezuelanos quando estacionou o carro para ir à casa lotérica. Eles ofereceram borrachas que vedam as portas, ela recusou, mas, diante da insistência, aceitou, pagando 100 reais pelo equipamento e serviço.
“Eles combinaram previamente o valor de R$ 100,00 para colocar esta borrachinha, que na nossa opinião não custa nem R$ 20,00. Ela pagou e foi à lotérica, mas quando retornou os venezuelanos disseram que o preço era R$ 200,00″, contou o delegado, explicando que eles intimidaram a idosa, utilizando dois estiletes.
Os suspeitos foram detidos e, na Delegacia, se contradisseram várias vezes. “Eles dizem que combinaram R$ 100,00, depois que era R$ 200,00 e por fim, alegaram que a senhora não quis pagar. Ela tem um Ford K duas portas. Eles disseram que gastaram 8 metros de fio. É uma situação que não pode continuar. Estão presos em flagrante e vai ser lavrado auto e serão encaminhados ao presídio local”. (Com informações Gazeta FM)

 

Notícias da editoria