Diário da Serra

Empresa de ex-senador Cidinho Santos é um dos alvos da PF

O Livre 01/10/2019 Polícia

Suspeita é que União Avícola tenha pagado propina a pelo menos um dos 60 fiscais investigados

Polícia

A empresa União Avícola, que pertence ao ex-senador por Mato Grosso Cidinho Santos (PL), é um dos alvos da Operação Romanos – quarta fase da Operação Carne Fraca – deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira (1°).

 

Segundo o próprio Cidinho confirmou à reportagem do LIVRE, mandados de busca e apreensão estão cumpridos na sede da empresa, em Nova Marilândia (250 km de Cuiabá), e no escritório que fica em Cuiabá.

 

A suspeita é que a União Avícola tenha pagado propina a, pelo menos, um dos 60 auditores fiscais agropecuários que são alvos da investigação. Segundo a PF, o valor total em propina para os fiscais pode ter chegado a R$ 19 milhões.

 

Ao LIVRE, Cidinho Santos disse que os advogados da empresa estão ainda estão tomando conhecimento do caso.

 

Notícias da editoria