Diário da Serra

Nem a chuva desanima participantes da 9ª Corrida De Cara Limpa Contra as Drogas

Assessoria / PJC-MT 08/10/2019 Esportes
Esportes

Para seu Cedil Pareira Lima, 93 anos, a idade não é nem de longe, empecilho para praticar corridas de rua. Há mais de 30 anos participa de, pelo menos, umas dez ao ano. Neste domingo (06.10), ao lado de dona Maria do Carmo Ferreira, 80 anos, outra praticante assídua dos eventos, eles foram homenageados pela organização da 9a Corrida De Cara Limpa Contra as Drogas, o maior projeto social desenvolvido pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Seu Cedil fez o percurso em 50 minutos e dona Maria do Carmo em 31 minutos.

 

Os dois correram os 5 quilômetros da prova, junto com centenas de participantes que não se deixaram desanimar pela chuva fina que caía desde as primeiras horas da manhã, o que amenizou a temperatura.

 

O percurso foi realizado dentro do Centro Político Administrativo, com saída do setor de vistoria do Detran, dando a volta e passando pelo Parque das Águas e chegada no mesmo local.

 

Os dois primeiros colocados na categoria geral masculino e feminino finalizaram a prova com 15 e 18 minutos, respectivamente.

 

O delegado-geral da Polícia Judiciária Civil, Mário Resende, destaca que o evento já está consolidado no calendário das atividades esportivas de rua na capital e a cada ano demonstra o engajamento dos servidores da instituição e da população em geral. “A Corrida integra as atividades do nosso projeto social De Cara Limpa contra as Drogas, que é a maior ação que a Polícia Civil desenvolve, com a sensibilização e conscientização da sociedade sobre o uso de drogas. O trabalho é de esclarecer, levar informação”.

 

A escrivã Elaine Cristina Oliveira Souza levou o primeiro lugar na categoria Polícia Civil feminino e gostou do desafio. “É sempre bom fazer uma atividade física. Com a rotina de nosso trabalho, em delegacias é necessário fazer uma atividade para melhorar o desempenho. Foi um desafio pra mim e gostei muito de conseguir o primeiro lugar”.

 

Urias Yostaque de Lima é velho conhecido em Mato Grosso quando o assunto é velocidade. Ele acaba de retornar da maratona de Boston, uma das maiores do mundo, e conquistou o primeiro lugar na categoria geral na Corrida De Cara Limpa Contra as Drogas, fazendo o percurso em 15 minutos. “A chuva atrapalha um pouquinho, porque sinto frio por ser magro. Mas o ritmo hoje foi bom, consegui fazer um tempo bom. E iniciativas como essas, além de ajudar o esporte, ainda esclarecem a população sobre o perigo das drogas”.

 

Todos os competidores receberam medalhas e os primeiros colocados de cada categoria levaram troféu e premiação em dinheiro. Confira a classificação completa

 

corrida “De Cara Limpa” é uma das ações do programa De Cara Limpa Contra as Drogas, desenvolvida pela Coordenadoria de Polícia Comunitária da PJC. O trabalho social busca sensibilizar e conscientizar a sociedade, de que a prevenção ao uso e a repressão ao tráfico de drogas, não é apenas dever da polícia, mas responsabilidade de todo cidadão que deseja um mundo de paz.

Notícias da editoria