Diário da Serra

Projeto prevê desconto quando houver falta de água

Rodrigo Soares / Redação DS 07/10/2019 Política

Proposta do vereador Wilson Verta será debatida hoje na Câmara

Tangará passa por racionamento de água

Cada dia de interrupção no abastecimento de água deverá gerar desconto na fatura paga ao final do mês. Essa é a proposta de um Projeto de Lei que tramita no Legislativo Municipal de Tangará da Serra, que deve ser votado hoje pelos vereadores.


A medida prevê que a cada dia de interrupção no abastecimento de água por parte do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) seja concedido um desconto de 1/30 no valor da fatura mínima mensal.


De acordo com a proposta, que tem autoria do vereador Wilson Verta (PSDB), nos casos em que a fatura do mês já estiver ‘fechada’, o desconto deve ser implementado no mês seguinte. “Com esse período de racionamento de água o consumidor não é abastecido todo dia, mas paga a fatura cheia no fim do mês. Se o Samae é amparado legalmente a cobrar multa e juros por atraso no pagamento da fatura mensal, é justo e racional, aquele consumidor que teve um, dois ou mais dias de suspensão do serviço de água, que o mesmo tenha o desconto proporcional”, comentou o parlamentar, destacando que a proposta é que os descontos sejam destinados aos casos de interrupção de abastecimento superiores a doze horas ininterruptas ou, cumulativamente, a cada 24 horas, ocorridos no período de trinta dias.


Recentemente, o desconto na fatura em dias de falta de abastecimento foi debatido na Câmara, através de uma indicação apresentada pelo vereador Fabão, pedindo desconto de 30%.


Vale lembrar que há algumas semanas foi iniciado o racionamento de água em Tangará da Serra, fazendo com que o abastecimento fique oscilando em alguns bairros. O Diário da Serra tentou entrar em contato com o diretor do Samae, Wesley Lopes Torres, para o mesmo comentar a respeito da proposta, mas até o fechamento dessa edição ele não atendeu a ligação e tampouco retornou.
 

Notícias da editoria