Diário da Serra

Para publicidade digital, Câmara passa a exigir comprovação de audiência

Marcos Figueiró - Assessoria de Imprensa 17/10/2019 Política
Política

Os sites que prestam serviços de publicidade para a Câmara Municipal de Tangará da Serra têm até o dia 30 deste mês para entregar a comprovação do número de acessos. A exigência foi repassada aos veículos de mídia pela Agência Dois Pontos Soluções em Marketing, contratada pelo Poder Legislativo tangaraense. A medida segue exemplo do que foi feito pelo Governo do Estado, que em agosto seguiu recomendação do Ministério Público Estadual e notificou as agências fazendo as mesmas exigências aos sites.

 

A notificação, divulgada pela imprensa da capital, serviu de modelo para a Câmara Municipal que notificou a agência no último dia 30 de setembro, informando prazo de 30 dias para que os sites façam a comprovação do número de acessos. Atualmente a agência contrata em nome da Câmara a divulgação em mídia digital em seis sites. A partir de agora estes veículos terão que comprovar audiência por algum serviço reconhecido como: Google Analytics, ComScore, Alexa, SimilarWeb, IVC ou outro meio.

 

De acordo com a agência, a comprovação de acessos também orientará as decisões técnicas sobre onde e quando anunciar. Além disso, empresas que não se adequarem às novas exigências serão consideradas inaptas e terão a contratação de seus serviços interrompida.

 

EXEMPLO

A nota recomendatória ao Governo de Mato Grosso e Assembleia Legislativa foi emitida pelo promotor de Justiça Mauro Zaque, no dia 30 de julho. No documento, ele destacou que auditoria da Controladoria Geral do Estado (CGE) apontou no caso destes órgãos a destinação de “vultosos valores” para veículos de comunicação que não teriam audiência suficiente. A notificação também foi enviada ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), que futuramente deverá orientar prefeituras e câmaras do interior do Estado a seguirem a recomendação.

Notícias da editoria