Diário da Serra

EM ABRIL – Encontro Negros de Alma Preta reconhecerá personalidades do município

Fabíola Tormes / Redação DS 22/03/2021 Cultura

Intuito é estimular uma reflexão da importância do negro

Bate papo será dia 17 de abril

Com objetivo de valorizar as trajetórias de pessoas negras no município de Tangará da Serra, promovendo o reconhecimento das produções intelectuais, científicas, políticas, sociais e culturais realizadas pelos negros no município, a fim de impulsionar o desenvolvimento de ações afirmativas, que acontecerá em abril o Projeto Encontro Negros de Alma Preta.

De acordo com a produtora cultural, professora e artista, Mary Costa, o evento acontecerá em abril, de diferentes forma, entre elas um bate papo 'Entre pretos e pretas' no dia 17, pelo instagram da mediadora Mary Costa, com a participação de seis palestrantes, com objetivo de discutir e debater a posição do negro na sociedade.

“A ideia é realizar um encontro para que a gente possa criar um espaço para conhecer, dialogar, interagir e conectar com as experiências, ações e saberes dos negros que constituem a população tangaraense”, adianta.

“O intuito é estimular uma reflexão da igualdade racial e a importância do negro para a construção da história de Tangará da Serra”.

Dentro da live serão ainda realizadas algumas apresentações culturais, voltada a temática afro-brasileira.

Dentro da programação também serão realizadas oficinas, como de penteado e maquiagem voltados a pele negra; amarrações de turbantes; de trança para todos os tipos de cabelos; e empreendedorismo e moda.

Junto a essa discussão, o projeto irá ainda reconhecer personalidades negras, através da entrega de prêmios.

“A ideia é fazer uma homenagem, reconhecimento a personalidades tangaraenses que realmente fazem a diferença na comunidade (…) seja no esporte, na religião, em a ajuda a comunidade”.

Serão reconhecidas 10 personalidades, subdivididos nas categorias: Mulher Empoderada, Protagonismo Juvenil, Cidadã e Cidadão Criativo – (artístico-cultural - na dança, teatro, música, literatura, multiculturalidade, manifestações culturais, religiosidade, educação, ação comunitária e afins).

Essas personalidades serão indicadas via formulário, pela própria comunidade. Uma comissão selecionará essas personalidades negras para receber a visita do grupo e o prêmio.
 



Notícias da editoria