Diário da Serra

DRENOS VERTICAIS – Tecnologia desenvolvida em Tangará da Serra deverá ser ampliada no município de Sorriso

Assessoria 23/03/2021 Política

Drenos em áreas de recarga foi desenvolvido pelo IPAC

Reunião realizada na última segunda

O Consultor Ambiental Décio Eloi Siebert e o professor e ex-superintendente da Itaipu Binacional Jair Kotz apresentaram nesta segunda-feira, 22, em uma reunião realizada na Prefeitura Municipal de Sorriso, a tecnologia desenvolvida em Tangará da Serra pelo Instituto Pantanal Amazônia de Conservação (IPAC), de instalação de drenos verticais em áreas de recarga de corpos hídricos e em bacias de contenção de estradas rurais, para aceleração de infiltração da água das chuvas.

O trabalho de instalação dos drenos verticais, que foi desenvolvido de forma experimental em Tangará da Serra, com resultados muito bons, foram corroborados na instalação pelo IPAC dos mecanismos de drenagem em áreas de recarga de 15 nascentes da Bacia do Rio Lira, em Sorriso.

Após assistir à apresentação, o prefeito Ari Lafin determinou aos secretários presentes à reunião, que seja criado imediatamente um grupo de trabalho, para buscar os mecanismos para ampliação do projeto no município de Sorriso, visando o aumento da disponibilidade hídrica e a readequação das estradas rurais, dada a sua importância, o Sindicato Rural de Sorriso também fará parte do grupo de trabalho.

“O objetivo deste projeto é transformar o município de Sorriso, que já é a capital mundial de produção de soja, também em capital de produção agrícola sustentável”, afirma o prefeito.

O trabalho que iniciou de forma experimental está ganhando corpo, uma vez que deverá ser implantado nas cabeceiras de todos os corpos hídricos e nas bacias de contenção das estradas rurais do município de Sorriso.
 



Notícias da editoria