Diário da Serra

Governador Mauro Mendes anuncia compra de 1,2 milhão de doses da vacina Sputnik V

Lucas Rodrigues / Secom-MT 31/03/2021 Saúde

Imunizantes serão entregues em lotes, que chegarão a partir da segunda quinzena de abril

Saúde

O governador Mauro Mendes anunciou a compra direta de 1,2 milhão de doses da vacina russa Sputnik V, que combate a covid-19. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira, 31, logo após a assinatura do contrato com a fabricante. A Sputnik V possui eficácia comprovada de 91,6%.


“A vacinação é o caminho mais rápido e seguro para barrar a circulação do vírus e todos os impactos que essa doença acarreta à vida das pessoas. Temos acionado embaixadas e empresas pelo mundo, mas a grande maioria se nega a fazer negociações diretas com os governos estaduais. Assim, há mais de um mês, em parceria com o Consórcio da Amazônia e do Nordeste, iniciamos as tratativas para compra da vacina Sputnik V. Hoje temos um acordo. O grande desejo da população é se ver livre desse tormento que tem tirado tantas vidas”, diz Mauro Mendes ao anunciar a compra da vacina.
 

De acordo com o contrato, será adquirido um total de 1.201.500 doses, sendo necessária a aplicação de duas doses por pessoa para a imunização completa, assim como ocorre com a Coronavac.
 

Cada dose custará U$S 9.95 dólares, resultando em um total de U$S 11,95 milhões – cerca de R$ 67,3 milhões de reais.
 

Os imunizantes serão entregues por lotes. A previsão é que os primeiros lotes cheguem já na segunda quinzena de abril, e os últimos em julho.
 

Mauro Mendes explicou que caso o Ministério da Saúde não tenha interesse em custear a vacina para incorporá-la ao Plano Nacional de Imunização (PNI), o Governo de Mato Grosso irá arcar com todos as despesas e usar o imunizante para vacinação exclusiva da população mato-grossense, em complemento às vacinas disponibilizadas pelo ministério.  
 

Articulação
 

A aquisição das vacinas foi possível pela parceria entre os governadores integrantes do Fórum de Governadores da Amazônia Legal e do Consórcio Nordeste, que articularam em conjunto a compra das vacinas.
 

Desde o ano passado, o governador Mauro Mendes busca a compra direta de vacinas, tendo conversado com todos os laboratórios e fabricantes, bem como procurado auxílio de embaixadores e outros meios diplomáticos.

Notícias da editoria