Diário da Serra

Primeira edição da Festa Literária de Tangará da Serra terá palestras e apresentações culturais

Dayanne Santana | Secel-MT 05/04/2021 Educação

O projeto foi contemplado no Edital Circuito Mostras e Festivais, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT)

A 1ª Festa Literária de Tangará da Serra (Flit) chega para consolidar o município no mapa da literatura em Mato Grosso. Totalmente online, o evento será realizado de 14 a 16 de abril, com o tema 'Estórias que fazem história'. A transmissão será via Facebook . A Flit oferecerá ao público palestras, apresentações culturais, sorteio de livros e apresentações de trabalhos. O projeto foi contemplado no Edital Circuito Mostras e Festivais, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).


A abertura do evento será na quarta-feira, 14, às 19h. Logo após a solenidade de abertura, a escritora Marta Cocco ministrará a palestra “Escrever histórias: conjugações do verbo no processo de criar e repartir em 'Não presta pra nada'”. Marta é professora universitária, autora de 11 livros e membro da Academia Mato-grossense de Letras.


Na quinta-feira, 15, às 14h, o escritor Pedro Bandeira fará um bate-papo online, direto de São Paulo, com o tema “O amanhã: a vida depois da pandemia”. Além de professor, Pedro é escritor renomado nacionalmente, tendo como um dos grandes momentos da carreira a conquista da 28ª edição do Prêmio Jabuti de Literatura. Às 19h30, o advogado e escritor Eduardo Mahon, conduzirá a palestra “Uma crítica politicamente incorreta”.


Para a sexta-feira, 16, a partir das 17h30, uma programação especial de encerramento da Flit. Livros de autores locais serão lançados no “Samba, café e prosa”, atração musical do Grupo Kade. A última noite de evento terá uma mesa-redonda que contará com explanações acerca de pautas identitárias, sob o tema “Literatura de saberes: identidade, territórios e expressões”. Participarão da mesa-redonda Helenice Faria, Junior Pimenta e Gilmar Koloizomae.


Além do Grupo Kade, que se apresenta no encerramento da Flit, o evento terá a participação dos artistas Jorge Félix, Matheus Pimenta, DJ Angélica DC, grupo de dança Corpo de Baile, grupo de teatro Coletivo Cadela Manca, da atriz e contadora de história Adrianne Rocha.
 

Como forma de colaborar com a comunidade acadêmica e a produção científica, a Flit abriu espaço para publicação de trabalhos. Os interessados tiveram até o dia 28 de março, para submeterem os trabalhos. O evento fornecerá certificação com carga horária de 12 horas aos que se inscreverem pelo site www.flittga.com.br.

Notícias da editoria