Diário da Serra

PREVENÇÃO AO SUICÍDIO - Pit stop marca início da campanha Setembro Amarelo em Tangará da Serra

Fabíola Tormes / Redação DS 31/08/2021 Saúde

Em sua sétima edição, a campanha trata da prevenção ao suicídio

Saúde

Tangará da Serra, por meio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e parceiros, inicia nesta quarta-feira, 1º de setembro, as ações da campanha Setembro Amarelo. Em sua sétima edição, a campanha trata da prevenção ao suicídio e engloba outros assuntos como saúde mental, estruturação da sociedade, entre outros, por meio de ações que dão visibilidade ao tema.

“O mês de setembro marca mais uma campanha mundial de prevenção ao suicídio, o Setembro Amarelo. (…) Em Tangará da Serra são sete anos de campanha, uma campanha que tem um grande engajamento da sociedade”,

esclarece a psicóloga do CAPS, Thereza Erika Sousa Lopes, ao destacar a importância de se discutir o tema, em razão do grande número de suicídios registrados em todo o mundo. 

“Estima-se que, por ano, um milhão de pessoas tirem a própria vida. No Brasil estima-se que 32 brasileiros se suicidem por dia. Por isso é tão importante falar sobre esse assunto, de uma maneira cuidadosa e adequada, como uma das maneiras de prevenção”.

Para a abertura das atividades do Setembro Amarelo será realizado um pit stop no semáforo da Praça da Bíblia, com a participação do CAPS, professores e acadêmicos do curso de Enfermagem da Unemat e voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV). A ação acontecerá das 7h30 às 9h.

“Todos os parceiros juntos, com placas e cartazes informativos, iniciando esse mês, que dá visibilidade a campanha”.

As ações seguirão durante todo o mês, com destaque a carreata no Dia "D" da campanha no dia 10 de setembro, sarau cultural, momento de depoimentos com sobreviventes ao suicídio, live, pedal, encontros para fala expositiva com transmissão presencial e ao vivo, entre outros. 

“Vamos juntos em mais uma campanha pela vida!”, convida a todos para se juntarem a campanha, usando um laço amarelo como forma de apoio.


SETEMBRO AMARELO

“É preciso dar espaço e visibilidade a este tipo de experiência emocional”

 

O Setembro Amarelo é uma campanha criada com o intuito de informar as pessoas sobre o suicídio, uma prática normalmente motivada pela depressão. Mesmo com tantos casos notórios, crescentes a cada ano, ainda existe uma expressiva barreira para falar sobre o problema.

Para a psicóloga do CAPS, Thereza Erika Sousa Lopes, é preciso dar espaço e visibilidade a este tipo de experiência emocional, numa perspectiva de acolhimento.

“E a campanha dá espaço, ela dialoga com pessoas que vivenciam essas experiências tão profundas de dor, mas é dar espaço numa perspectiva de acolhimento”. 

Para isso a campanha Setembro Amarelo em Tangará da Serra tratará dos sinais de alerta para a questão da vulnerabilidade ao suicídio, mostrando frases e atitudes que podem indicar um comportamento suicida e que a pessoa precisa de ajuda.

“É muito importante falar de profissionais e serviços que podem ser procurados nessas condições; a importância da escuta qualificada, da escuta profissional, do sofrimento, da dor humana”, reforça.

Entre esses locais, o Caps - estrutura do SUS, que atende pessoas com problemas de saúde mental. A unidade está localizada a Rua Benedito Pereira de Oliveira, 157 W, Centro. Telefones de contato 3326 4450 e 98472 2680.

Notícias da editoria