Diário da Serra

INDEPENDÊNCIA – Pelo Brasil, manifestantes promovem atos em todo o país

Redação DS 07/09/2021 Política

Tangaraenses se manifestaram pelas principais ruas da cidade e redes sociais, principalmente, pela liberdade de expressão

Movimento em Tangará da Serra

Vestidos com camisetas do Brasil e com materiais alusivos ao presidente e às cores da bandeira do país, brasileiros se manifestaram nesta terça-feira, 7 de setembro, em defesa de um país independente. A manifestação foi realizada em todas as capitais e diversas cidades.

Em Brasília foram milhares de manifestantes, entre eles centenas de tangaraenses que partiram de ônibus, carros próprios e de avião, para manifestação.

“Nós todos aqui, sem exceção, somos aqueles que dirão para onde o Brasil deverá ir. Temos em nossa bandeira escrito ordem e progresso. É isso que nós queremos. Não queremos ruptura, não queremos brigar com poder nenhum. Mas não podemos admitir que uma pessoa turve a nossa democracia. Não podemos admitir que uma pessoa coloque em risco a nossa liberdade”, declarou o presidente Jair Bolsonaro durante discurso para manifestantes, em Brasília.

Ele disse ainda que nesta quarta-feira, 8, participará de uma reunião do Conselho da República com os presidentes dos demais poderes, a fim de mostrar

“para onde nós todos devemos ir”.

Em Tangará da Serra uma manifestação pelo Brasil, em defesa da democracia, também foi realizada na tarde desta terça-feira. Os tangaraenses se manifestaram pelas principais ruas da cidade e redes sociais, principalmente, pela liberdade de expressão.

“Uma vida sem liberdade é uma vida capenga. E estamos vivendo isso hoje por conta do judiciário. (…) Precisamos frear e hoje é o início de uma nova independência”, reforçou o manifestante tangaraense Maurício Gomes, em entrevista à Serra FM.

Além das manifestações nas ruas de diversas cidades do país, cinco cidades de Mato Grosso registraram bloqueios em rodovias nesta terça-feira. Caminhoneiros e outros manifestantes ocuparam trechos das BR-163 e BR-364 em cinco pontos nas cidades de Cuiabá, Rondonópolis, Lucas do Rio Verde, Sorriso e Sinop.

Segundo a Rota do Oeste, em todos os locais, os manifestantes permitiram a passagem de veículos de passeio, ambulâncias, veículos de carga viva e perecíveis.

Outras manifestações

Ao mesmo tempo, representantes de movimentos estudantis, partidos de esquerda e sindicatos se reuniram nesta terça-feira para protestar contra Bolsonaro.



Notícias da editoria