Diário da Serra

Indígena é assassinado e outros dois ficam feridos após briga durante festa em aldeia

G1 MT 30/10/2021 Polícia

Jaime Zenezokae, de 60 anos, foi esfaqueado, levou tiros na cabeça e teve os dedos da mão direita cortados.

Foto: Bem Notícias

Um indígena foi assassinado e outros dois ficaram feridos durante discussão em uma festa na Aldeia Kolidike, em Tangará da Serra, nesta sexta-feira, 29. Jaime Zenezokae, de 60 anos, foi esfaqueado, levou tiros na cabeça e teve os dedos da mão direita cortados.

A comemoração reunia pessoas de várias aldeias da Terra Indígena Paresi.

De acordo com a Polícia Civil, durante a discussão, Jaime teria esfaqueado outros dois indígenas, de 30 e 60 anos, respectivamente.

Conforme o relato de testemunhas à polícia, os dois homens feridos foram socorridos por funcionários do Polo de Saúde Indígena e levados até a UPA de Tangará da Serra. Jaime, no entanto, permaneceu na aldeia e acabou sendo assassinado por outros integrantes da festa.

A polícia informou que o comunicante que fez o registro do boletim de ocorrência estava acompanhado da representante da Fundação Nacional do Índio (Funai) de Tangará da Serra.

A situação gerou um clima de tensão nas terras indígenas, porque existe a ameaça de vingança por parte da aldeia onde vivia o homem que morreu.

A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Civil em Tangará da Serra, mas o caso será investigado pela Polícia Federal.

Notícias da editoria