Diário da Serra

DUAS APREENSÕES - Polícia Civil e PRF apreendem 3,5mil quilos de agrotóxicos em menos de 48 horas

Camila Molina/Polícia Civil-MT 15/11/2021 Polícia

Na quinta-feira foi em Tangará da Serra e na sexta em Nova Mutum

Polícia

Mais uma ação conjunta da Polícia Civil, realizada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), e Polícia Rodoviária Federal (PRF), resultou na apreensão de 1,3 toneladas de defensivos agrícolas contrabandeados, na sexta-feira, 12, no município de Nova Mutum.

Duas pessoas, entre elas o motorista que fazia a transporte da carga e o receptador dos produtos, foram presas em flagrante por contrabando e crime ambiental. A ação contou com apoio da Delegacia Regional de Nova Mutum.

Um dia antes, as equipes da GCCO e da PRF apreenderam 2,1 toneladas de defensivos contrabandeados em outra ação realizada em Tangará da Serra, totalizando aproximadamente 3,5 toneladas de agrotóxicos de origem ilícita apreendidos em menos de 48 horas.

Em Tangará da Serra três suspeitos foram presos em flagrante e vão responder por associação criminosa, contrabando, uso de documento falso, falsidade ideológica, crime ambiental e crime da legislação aplicada a uso de agrotóxicos.

De acordo com o delegado titular da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a carga está avaliada em R$ 3 milhões. Foram apreendidos diversos tipos de defensivos, entre eles, o benzoato, que totalizou 800 quilos e tem comercialização proibida no Brasil.

A GCCO recebeu informações de que a carga de defensivos havia chegado a Tangará da Serra, que estavam camuflados em embalagens de adubo foliar.

Após diligências, as equipes avistaram uma camionete Strada branca carregada com sacos de adubos que descarregou os produtos em uma chácara e saiu, retornando carregada. 

Abordados, os suspeitos não conseguiram explicar a origem da carga e apresentaram uma nota fiscal como sendo de adubo foliar, contudo, no documento não constava o nome de nenhum dos detidos.

A nota estava em nome de uma empresa de Tangará da Serra que comercializa produtos agrícolas na região. Os policiais seguiram até a empresa, onde localizou o proprietário, que também foi conduzido em flagrante para a GCCO. 

Notícias da editoria