Diário da Serra

MATO GROSSO – Décimo terceiro injetará R$ 2bi na economia

Enfoque Business / TV Centro América 25/11/2021 Geral

É o que prevê a Federação do Comércio, Bens, Serviços e Turismo

A entidade tem uma projeção positiva para este ano

Um volume de recursos significativo – cerca de R$ 2 bilhões – circulará pela economia mato-grossense por conta do 13º salário. É o que prevê a Federação do Comércio, Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso (Fecomércio-MT).

A entidade tem uma projeção positiva para este ano e destaca que o avanço da vacinação proporcionou a retomada da economia, quadro que permite uma estimativa de que mais de R$ 2 bilhões serão injetados na economia de Mato Grosso com o pagamento do décimo terceiro.

“Os empresários esperam muito deste final de ano, os comércios estão preparados para receber os consumidores que estão sedentos por compras, em função da paralisação devido à pandemia da Covid-19”,
disse o presidente da Fecomércio, José Wenceslau Souza Júnior.

Estudo

Um estudo prévio da Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá identificou que ao receber a primeira parcela do décimo terceiro as pessoas vão priorizar o pagamento das dívidas, outros vão preferir pagar conta e economizar o dinheiro extra.

Do resultado obtido, 32,2% afirmaram que irão pagar dívidas; 23,8% farão novas compras; e 21,7% irão economizar.

“Quem tiver dívida, o ideal é renegociar e pagar esses valores. As pessoas pagando suas dívidas diminuirá a inadimplência e os juros do crédito também devem cair, uma vez que a inadimplência é um dos principais fatores que elevam a taxa de juros”,
disse o economista Emanuel Dalbian.

O levantamento da CDL mostra ainda que a última parcela do décimo terceiro, que costuma sair perto do Natal, será usada pela maioria dos entrevistados para comprar presentes. Mas, é preciso ficar atento com as tentações.

Notícias da editoria