Diário da Serra

INQUÉRITO CONCLUÍDO – Civil indicia dois por homicídio e ocultação de cadáver de vítima encontrada em poço em Nortelândia

Assessoria / Polícia Civil - MT 12/01/2022 Polícia

Um dos autores está preso; segundo segue procurado pela polícia

O inquérito policial foi concluído na segunda

Duas pessoas envolvidas no crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, ocorrido no final do mês de novembro, no município de Nortelândia foram indiciadas pela Polícia Civil, no inquérito policial instaurado na Delegacia do município para apuração dos fatos.

O inquérito policial foi concluído na última segunda-feira, 10, com o indiciamento dos dois suspeitos identificados nas investigações da Delegacia de Nortelândia. Um dos autores teve o mandado de prisão preventiva cumprido em decorrência do crime e o outro é considerado foragido.

O corpo da vítima, Primolino Santana Barbosa, de 52 anos, conhecido como “Paulinho”, foi localizado no dia 03 de dezembro, já em avançado estado de decomposição, dentro de um poço a aproximadamente 500 metros da MT 240. A vítima estava desaparecida desde o dia 28 de novembro quando saiu de casa por volta das 06 horas para trabalhar.

Segundo as investigações, logo após a vítima sair de casa, dois homens foram até a residência, procurando por ele, dizendo que tinham ido até lá para matá-lo. Não encontrando Primolino no local, os suspeitos saíram em busca da vítima, a encontrando em um bar da cidade, onde conversaram por alguns minutos.

Em seguida, a vítima saiu na frente de bicicleta e os dois suspeitos foram atrás em uma motocicleta. Durante as investigações, os policiais da Delegacia de Nortelândia conseguiram levantar elementos que identificavam os dois envolvidos no crime.

O laudo de necrópsia concluiu que a causa da morte da vítima foi esgorjamento (corte no pescoço). Após cortarem o pescoço da vítima, os suspeitos lançaram o corpo dentro do poço, sendo encontrado dias depois por uma pessoa que passou no local e sentiu o mau cheiro. No dia do crime, um dos suspeitos foi visto na localidade conhecida como “Prainha” de Nortelândia, ocasião em que questionado, disse que não via a vítima há dias.

Diante dos elementos colhidos, o delegado Cesár Henrique Ferreira, na conclusão do inquérito, indiciou os dois suspeitos pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça, e um dos suspeitos teve o mandado de prisão cumprido por envolvimento no crime.

As diligências seguem em andamento para localizar o segundo envolvido no homicídio, assim como para esclarecer a motivação do crime.

Notícias da editoria