Diário da Serra

PROJETO CAMINHOS – Lions Tangará inicia campanha para doação de mudas de árvores

Fabíola Tormes / Redação DS 13/01/2022 Geral

São cerca de 1,3 mil mudas de árvores, entre nativas e frutíferas

Essas mudas são produzidas pelos próprios associados

O Lions Clube Tangará da Serra vem há quase seis anos realizando o plantio anual de mudas de árvores de ipês em diferentes vias, especialmente em áreas rurais, como parte das ações do Projeto Caminhos.

No ano passado, com objetivo de expandir o plantio em área urbana, o clube lançou a campanha permanente ‘Disque Árvore’ - uma forma de contribuir com o plantio de árvores frutíferas e/ou ornamentais também na área urbana da cidade. Esta inovação resultou no plantio e distribuição de 736 mudas de árvores.

Para este ano o clube praticamente dobrou a meta e a expectativa é de distribuir mais de 1.300 mudas de árvores, entre frutíferas, ornamentais e nativas, todas prontas para doação.

“Estão todas em um tamanho ideal para plantio. Uma doação consciente, para que as pessoas peguem as mudas e já façam o plantio no local que desejarem”,
destaca a presidente do clube de serviços, Paula Cristina da Silva Oss Emer.

Aos interessados, os pedidos devem ser feitos diretamente com a presidente, pelo telefone 65 9936-7579. Doações tanto em pequenas quantidades, para plantio em áreas urbanas, quanto em maior quantidade àqueles que querem fazer o plantio na área rural – sítios, fazendas.

“Temos mudas de árvores frutíferas, nativas e outras, todas sendo doadas para plantio neste período de chuva”,
reforça.

Essas mudas são produzidas pelos próprios associados, em Viveiro do Lions Clube Tangará da Serra. O trabalho inicia com a colheita das sementes, segue com germinação e a produção das mudas de árvores, e, finalmente, o plantio e/ou distribuição.

A produção no viveiro é constante e todo ano são produzidas mais de mil mudas para atender a demanda do Clube, que cresce a cada ano. Nestes quase seis anos do projeto, mais de 3.200 mil árvores já foram plantadas no Município de Tangará da Serra (200 em 2016, 800 em 2017, 791 em 2018, 780 em 2019/2020 e outras 736 em 2021), em suas comunidades rurais e áreas urbanas, e são frequentemente acompanhadas pelos associados e pela comunidade.



Notícias da editoria