Diário da Serra

NOVO DECRETO – Prefeitura de Tangará da Serra decreta quarentena até dia 31

Redação DS / Assessoria 18/01/2022 Saúde

O documento apenas reforça as medidas preventivas

Medidas restritivas para conter a disseminação dos vírus

A Prefeitura de Tangará da Serra decretou quarentena obrigatória devido o crescimento da taxa de contaminação do coronavírus e gripe H3N2 no município. O documento, que atualiza as medidas restritivas para conter a disseminação dos vírus, foi publicado após reunião do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus em Tangará da Serra na segunda-feira, dia 17.

No texto do novo decreto (006/2022), o prefeito Vander Masson determina quarentena obrigatória até o dia 31 de janeiro, podendo ser prorrogável se necessário.

Na prática, o documento reforça as medidas que já vem sendo praticadas por todos os tangaraenses, mantendo o funcionamento das atividades e serviços sem restrição de horários e reforçando o fornecimento de máscaras, meios de higienização das mãos por álcool líquido e/ou gel 70%, ou disponibilização de água, sabão, toalhas descartáveis para todos os funcionários e clientes, o controle da lotação, limitação de uma pessoa por metro quadrado, organização de filas, dentre outras medidas.

Além disso, reforça que igrejas, templos e congêneres devem respeitar o limite da capacidade máxima do local, desde que respeitado o distanciamento previsto de um metro por pessoa, assim como restaurantes, lanchonetes, bares, conveniências e congêneres que deverão organizar mesas com distanciamento de um metro e limitação de pessoas por mesa.

As pessoas que não cumprirem as medidas poderão ser multados no valor de R$ 500. Já os estabelecimentos podem ser multados em até R$ 10 mil.

Casas de shows e festas, eventos sociais e corporativos, empresariais, técnicos, científicos e cinema, já agendados e divulgados, poderão funcionar obedecendo as medidas de distanciamento e a capacidade do local, devendo comunicar a Vigilância Sanitária com 5 dias de antecedência a realização. Novos eventos devem ser agendados com 30 dias de antecedência via protocolo da Prefeitura.

O decreto também trata da retomada das aulas presenciais na rede municipal de ensino, que dependerá de análise e monitoramento realizada pelo Comitê Covid-19, observando distanciamento social em sala de aula.

Casos de Covid-19:

De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde publicado nesta terça-feira, 18, Tangará da Serra registrou 19.281 casos de Covid-19 confirmados desde o início da pandemia, com 251 pessoas em isolamento domiciliar, nove pessoas internadas na UTI pública e outras nove em leitos de Enfermaria.

A última morte foi registrada no final de semana, dia 16.

Notícias da editoria