Diário da Serra

7 DE FEVEREIRO – Seduc monitora casos de Covid, mas mantém aulas presenciais

Lislaine dos Anjos / Midia News 18/01/2022 Educação

País tem enfrentado nova onda com a variante Ômicron

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto

O secretário de Estado de Educação Alan Porto afirmou nesta terça-feira, 18, que apesar da nova onda de casos de Covid-19, em razão da variante ômicron, o Governo não mudou o posicionamento sobre a retomada das aulas presenciais no dia 7 de fevereiro.

Ao todo, Mato Grosso possui quase 400 mil estudantes na rede pública de ensino. Conforme Porto, foi feita uma reunião entre os secretários de Educação de todos os estados na última semana e todos confirmaram o início do ano letivo para o próximo mês, na modalidade presencial.

“Os especialistas e a ciência já comprovaram que o ambiente escolar é um ambiente seguro. É importante ressaltar que nós retornamos nossas atividades 100% presenciais em outubro [do ano passado], com a pandemia”,
disse, em entrevista à Rádio Capital FM.

De acordo com Alan Porto, o Governo do Estado adiantou em dezembro o repasse de recursos às unidades de ensino, no total de R$ 47 milhões, a fim que elas pudessem tomar as medidas necessárias para assegurar a retomada das aulas em segurança.

“Estamos reforçando as unidades escolares sobre a manutenção de todos os protocolos que nós já conhecemos: uso de máscara e álcool em gel, distanciamento, sanitização e limpeza dos espaços”,
disse.

O secretário afirmou, ainda, que uma nova reunião foi feita com o governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, na segunda-feira, 17,  a fim de reassegurar a data de retorno das atividades escolares.

“Analisamos os números e estaremos monitorando os números diariamente, semanalmente, porque isso nos preocupa e nós sempre temos que ter cuidado com os nossos estudantes, os nossos profissionais”,
afirmou.

Mato Grosso viu aumentar o número de casos de Covid-19 e o índice de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) no início deste mês, após as aglomerações registradas nas festas de fim de ano.

Apenas no último final de semana, o Estado registrou tem 4.480 novos casos de Covid e oito mortes pela doença.

Notícias da editoria