Diário da Serra

TANGARÁ DA SERRA – Lojistas encontram dificuldade para repor mão de obra

Redação DS / Serra FM 18/01/2022 Geral

CDL está buscando parcerias com instituições para treinamentos

Presidente da CDL de Tangará, Alessandro Chaves

Dirigentes lojistas estão encontrando dificuldade para repor mão de obra. E a dificuldade não é de hoje.

Conforme o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tangará da Serra, Alessandro Rodrigues Chaves, a instituição dispõe de aproximadamente 600 vagas desde o ano passado. Muitas delas sequer exigem que o candidato tenha qualificação específica, ou seja, pode aprender o serviço e a rotina na própria empresa.

“Nós temos uma dificuldade, não só em Tangará da Serra, como o comércio nacional. Participo do grupo de presidentes da CDL do Brasil inteiro e sempre o mesmo questionamento. Hoje, para você ter uma ideia, no Balcão de Emprego da CDL de Tangará temos praticamente 600 vagas de emprego abertas. E essas vagas não são recentes. São vagas que estão abertas há três, quatro meses, em todos os segmentos, do varejo, venda, fazendas, que precisam contratar (…) e essa é uma preocupação da CDL, pois sem mão de obra a economia não se aquece”,
destaca Chaves.

Diante dessa preocupação, a CDL de Tangará da Serra está buscando parcerias com outras instituições para treinamentos.  

A expectativa é de iniciar as capacitações, gratuitas, já no próximo mês, para a mão de obra voltada ao comércio local. Contudo, em alguns casos, as empresas estão contratando primeiro e depois encaminhando os colaboradores para treinamento e capacitação.

Para conferir as vagas de emprego acesse https://cdltangaradaserra.org.br/vagas-de-empregos-cdl-tangara/ ou diretamente na instituição.

Notícias da editoria