Diário da Serra

Seduc orienta gestores das diretorias regionais sobre as medidas de biossegurança para o início das aulas nas escolas estaduais

Evelyn Ribeiro | Seduc-MT 19/01/2022 Educação

As aulas serão 100% presenciais e começam no dia 7 de fevereiro

Educação

Diretores, adjuntos, coordenadores e assessores pedagógicos das Diretorias Regionais de Educação (DREs) receberam orientações sobre o reforço das medidas de biossegurança nas escolas estaduais para garantir o início do ano letivo de forma segura. Os protocolos foram apresentados nesta terça-feira, 18, durante 1º Encontro de Gestão das DREs que está sendo realizado no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. 

“As diretorias foram pensadas com muito planejamento e um modelo organizacional que não é visto em nenhum outro Estado. É uma responsabilidade grande que eles assumem a partir de agora, e temos muito orgulho das equipes que conseguimos montar para dar sequência ao trabalho de recomposição da aprendizagem dos nossos estudantes”, pontuou o secretário estadual de Educação, Alan Porto. 

Os polos das DREs serão responsáveis por intermediar o atendimento entre as escolas e a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), auxiliar a sanar questões relacionadas à infraestrutura, transporte escolar, administração, entre outras demandas e atribuições de funcionamento das unidades da rede estadual. As aulas serão 100% presenciais e começam no dia 7 de fevereiro.

Entre as medidas apresentadas pela Superintendência de Gestão das Diretorias (SAGR) estão aquisição de produtos, equipamentos, e contratação de serviços de itens de biossegurança (máscara, toten de álcool gel, tapetes sanitizantes, termômetro infravermelho, desinfecção frequente, etc;), além de medidas de orientação visual no ambiente escolar.

“Estamos preparando as escolas, os profissionais de educação e os gestores das DREs para que orientem as unidades sobre os cuidados que adotamos, e para que os pais se sintam seguros com a retomada das aulas, assim como fizemos no ano passado”,

destacou a secretária de adjunta de Gestão Regional, Alcimaria Ataides da Costa. 

“As diretorias chegam em momento muito importante para Mato Grosso por esse impulso que a Educação está recebendo – recursos financeiros e investimentos na parte pedagógica e enfrentamento à pandemia da Covid-19. Essa organização sistêmica que a Seduc tem proporcionado, através das DREs vai fazer com que tenhamos direcionamentos mais assertivos”, disse a diretora da DRE de Rondonópolis, Andreia Cristina de Oliveira.

O 1º Encontro de Gestão das DREs foi iniciado na segunda-feira e segue até sexta-feira, 21, com uma programação voltada à formação dos gestores que vão atuar na implementação e fortalecimento do regime de colaboração entre estado e municípios. Eles foram empossados nesta terça-feira, pelo governador Mauro Mendes e pelo secretário de Educação, Alan Porto. 

A criação das diretorias regionais foi instituída por meio da Lei   nº 11.668 e sancionada no dia 11 de janeiro de 2022. As diretorias ficarão distribuídas em 15 polos, contam com 15 diretores, 15 diretores adjuntos, 90 coordenadores regionais e 72 assessores pedagógicos.

Notícias da editoria