Diário da Serra

ACOLHIMENTO – Judiciário lança Grupo de Apoio a Adoção de Tangará da Serra

Redação DS 25/05/2022 Geral

Judiciário lança Grupo de Apoio a Adoção de Tangará da Serra

O lançamento aconteceu na noite da última terça

Em atenção ao Dia Nacional da Adoção, lembrado todo dia 25 de maio, o Poder Judiciário de Mato Grosso, através da Vara da Infância e da Juventude de Tangará da Serra, lançou o Grupo de Apoio a Adoção de Tangará da Serra (GRAATAN). O ato aconteceu na noite da última terça-feira, 24, na Casa do Adolescente.

De acordo com a psicóloga do Poder Judiciário, Valeria Martinazzo, o grupo tem o objetivo de fazer com que as famílias que estejam habilitadas para adotar ou até aquelas que já adotaram, possam se unir, falar a respeito do que é adoção.

“Tem o objetivo de alicerce, de oferecer um espaço de acolhimento, de escuta, de reflexão sobre as motivações da adoção e também na preparação dos pretendentes”,
explica a psicóloga,

que integra o grupo ao lado de outras profissionais, como a assistente social, além dos pais que já adotaram e pessoas habilitadas para adoção.

“Uma rede que dará apoio para aqueles que querem adotar e para aqueles que já adotaram. A gente sabe que a adoção não é fácil, é algo que as vezes demora muito e isso cria uma angústia muito grande nas pessoas que estão pretendendo adotar e, em contrapartida, temos aqueles que já adotaram e que as vezes estão passando por alguma dificuldade, principalmente quando estamos falando na adoção tardia, que é das crianças com idade maior a nove anos (...) Então o grupo vem dar esse apoio para esses pais”.

A ideia do grupo é se reunir periodicamente, mas ainda não há datas definidas. A diretoria está se estruturando e em breve serão divulgadas vias de acesso a esse grupo.

  • NO ESTADO:

O Poder Judiciário de Mato Grosso aderiu à Campanha “Adotar é Amor” e iluminou a fachada do Palácio da Justiça com a cor roxa, que é temática da campanha.  

Ainda marcando o momento de sensibilização sobre a ação, a Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso promoveu um webinário que abordou o assunto. O corregedor-geral, José Zuquim Nogueira, destacou em sua fala que das 548 crianças e adolescentes acolhidos no estado, 44 estão prontos para adoção.



Notícias da editoria