Diário da Serra

AULA INAUGURAL – Em parceria com a rede estadual, IFMT inicia curso de Eletrodinâmica

Fabíola Tormes / Redação DS 26/05/2022 Educação

Curso terá participação de estudantes indígenas

Educação

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT), Campus Avançado de Tangará da Serra, iniciou nesta quarta-feira, dia 25 de maio, as aulas de seu novo curso de Formação Inicial e Continuada de Eletrodinâmica na Prática. A aula inaugural foi realizada no auditório do IFMT, com a presença dos alunos e representantes do Instituto Federal e Secretaria de Estado de Educação (Seduc), parceira nesta formação.

O curso, que tem duração de oito meses, será ministrado para professores e estudantes indígenas da região e alunos não indígenas. Ao todo, 45 pessoas participam.

O objetivo é proporcionar a construção de competências sobre ciências da natureza, a elaboração e reelaboração do conhecimento acerca da eletrodinâmica, das partículas subatômicas, de reações fotoelétricas e do balanço geral da radiação solar.

Presente na aula inaugural, o diretor Regional de Educação (DRE) de Tangará da Serra, Saulo Scariot, destacou a integração que este novo curso proporciona.

“É a educação unindo forças. Temos aqui o IF com seus laboratórios já estabelecidos e fazendo parceria com a rede estadual, com três escolas de Tangará da Serra e mais interessante as escolas indígenas do polo, com alunos do ensino médio. Então aqui teremos a oportunidade de usufruir do laboratório, dos conhecimentos dos professores do IFMT e, além disso, os nossos professores também vão fazer essa integração e troca de experiência entre as redes”.

O curso segue até novembro, totalizando 200 horas, sendo as aulas às quartas e sextas-feiras, das 13h50 às 17h30, sob a coordenação do professor Francisco Américo da Silva.

“Um projeto para atender as entidades mais carentes, tendo como público-alvo a população Quilombola, indígenas e escolas do campo, e também grupos de vulnerabilidade social”,
explica o coordenador,

ao destacar a participação de indígenas da Aldeia Rio Verde, uma escola de Brasnorte e outra de Barra do Bugres.

(Com informações Serra FM – Programa Primeira Hora)



Notícias da editoria