Diário da Serra

EMERGÊNCIAS AMBIENTAIS – Governo reforça atuação dos bombeiros e entrega novo Batalhão

José l. Salvani / Secom-MT 04/07/2022 Polícia

Unidade tem equipamentos para identificar focos de calor

Governador entrega nova sede do batalhão

O governador Mauro Mendes entregou na última sexta-feira, 1º, a nova sede do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), onde também foi realizada a promoção de 148 militares que alcançaram ascensão na carreira. A unidade irá reforçar o trabalho de prevenção e combate aos incêndios florestais em todo Estado.

“Esta unidade é fundamental para preservar o patrimônio ambiental e, acima de tudo, aplicar a legalização. Esse batalhão tem tecnologia, profissionais capacitados e habilitados para que em um tempo muito curto nós possamos detectar algum tipo de crime ambiental, principalmente queimadas”,
destacou o governador.

O novo quartel é equipado com recursos tecnológicos de monitoramento via satélite, capazes de identificar focos de calor e detectar incêndios nos biomas mato-grossenses Pantanal, Cerrado e Amazônia. A partir desta sexta-feira estão proibidas as queimadas no Estado até o dia 30 de outubro.

“É uma unidade muito importante que faz o trabalho da preservação ambiental, tanto na questão dos incêndios florestais, como outras ocorrências. O governador Mauro Mendes esteve aqui no início das obras e disse que empenharia esforço do Governo para reformar esse prédio justamente para que tivéssemos um espaço para abrigar nossos militares e equipamentos”,
ressaltou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges.
“Com a nova sede, vamos poder ampliar todas as ações que nós já fazemos. Temos quatro fases distintas - prevenção, preparação, resposta e responsabilização - e com essa sede vamos conseguir fazer o monitoramento de todo o estado na Sala de Situação”,
acrescentou a comandante do BEA, tenente-coronel BM Juscely Rodrigues Marques.

A unidade foi estruturada em um prédio que pertence ao Governo Federal e estava desativado. O local foi cedido ao Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, gerando economia aos cofres públicos, e toda estrutura passou por reforma geral.

A nova sede de monitoramento de incêndios dos Bombeiros contou com cerca de R$ 1 milhão em investimentos e tem 2.361.32 m² de área construída, dentro do terreno de 3.256.10 m².



Notícias da editoria