Diário da Serra

POR 30 DIAS – Maurício Gomes e Paquito assumem cargo de vereador na Câmara de Tangará da Serra

Redação DS / Serra FM 05/07/2022 Política

Eles substituirão os vereadores Horácio e Professor Sebastian

Assumiram o cargo de vereador por 30 dias

Os suplentes Adilson Gonçalves de Oliveira (PTB), conhecido como Paquito, e Maurício Gomes (UB) assumiram o cargo de vereador por 30 dias. A posse ocorreu nesta terça-feira, 5 de julho, durante a 23ª Sessão Ordinária realizada na Câmara Municipal.

Eles substituirão os vereadores em exercício, Horácio Pereira (UB) e Professor Sebastian (Cidadania), que se afastaram das funções legislativas para tratar de assuntos particulares. 

Paquito iniciou agradecendo a todos pela oportunidade e se comprometeu em representar o município e a população, com muita responsabilidade.

“Todos os projetos que tramitarem no Legislativo tangaraense, que forem bons para o município, bons para a população, estarei defendendo”,
garante o vereador suplente,

que já está elaborando uma pauta de trabalho, através de requerimentos, indicações e projetos.

“Que Deus nos abençoe e nos dê um bom trabalho”. 

Também entusiasmado com a oportunidade, Maurício Gomes afirmou que dará sequência ao trabalho iniciado há pouco tempo, o Projeto de Lei de Iniciativa Popular, que culminou com revogação de uma lei municipal que previa a cobrança de uma taxa inconstitucional embutida no carnê do IPTU, e que proporcionou uma economia ao cidadão tangaraense de R$ 1,4 milhão. 

“Conseguimos sensibilizar o prefeito e ele mandar projeto para acabar com a taxa de conservação no carnê do IPTU”,
lembra.

Agora prepara para apresentar projeto para redução de mais taxas.

“A taxa de expediente gira em torno de 20 mil reais anuais, mas, ainda que fosse um centavo, por ser inconstitucional, vamos apresentar esse projeto para extinção dela”. 

Ele adianta que apresentará também outro projeto visando a transparência da execução financeira e orçamentária do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fudeb), que recentemente gerou polêmica entre profissionais da educação de Tangará da Serra.

Maurício Gomes e Paquito Adilson encerram a participação no Poder Legislativo em 31 de julho, com o retorno dos vereadores titulares, eleitos em outubro de 2020.

Notícias da editoria