Diário da Serra

PROPORCIONAL – Schefer deixa Secretaria de Saúde de Tangará da Serra e se candidata em Nova Olímpia

Redação DS 02/10/2020 Política

Ele assumiu a Secretaria de Saúde de Tangará em abril deste ano

Registro como candidato disponível no portal

O ex-secretário de Saúde de Tangará da Serra, Sergio Schefer, conhecido como o Serginho da Saúde, é candidato a vereador pelo Município de Nova Olímpia pelo Podemos. Pedido de registro no portal Divulgacandcontas.tse.jus.br.


Morador de Nova Olímpia, tendo sido vereador em 2012 e candidato em 2016, Schefer assumiu a Secretaria de Saúde de Tangará da Serra em abril deste ano e até o dia 26 de setembro respondeu pela mesma (informação do Departamento Pessoal).


A situação do ex-secretário foi denunciada pelo vereador Vagner Constantino, indignado com a falta de cumprimento dos prazos da Lei Complementar 64/90 e da jurisprudência eleitoral. “O secretário me disse que não precisa se descompatibilizar porque está em outro município. Acho isso uma novidade, pela primeira vez na história e se for verdade, mais uma coisa que aprendemos”, ironiza, ao lamentar que em um município com tantos funcionários qualificados, o chefe do Executivo tenha trazido uma pessoa de outro para gerir uma das maiores pastas. “Não tem domicílio eleitoral em Tangará da Serra para ser secretário e depois volta para Nova Olímpia para ser candidato sem se descompatibilizar”.


A desincompatibilização é a liberação de incompatibilidades para concorrer nas eleições 2020. Para isso, o candidato deveria observar, caso a caso, os prazos constantes da lei, como no caso de secretário municipal pretendendo cargo de vereador, o prazo de afastamento era de seis meses.


Já a Justiça Eleitoral afirmou que todos os pedidos de registro e impugnações começaram a ser analisados, e que aguardarão manifestação do Ministério Público e a decisão do juiz. O acompanhamento pode ser feito pelo site do Tribunal Superior Eleitoral, na área Mural Eletrônico.


Atualmente a Secretaria de Saúde de Tangará da Serra é conduzida novamente pela servidora Dienifer Feix, que estava em licença maternidade.
 

Notícias da editoria