Diário da Serra

PROPRIEDADES RURAIS – Sindicato Rural, Aprosoja e Polícia Militar lançam operação “Segurança no Campo”

Gabriela Gonçalves / Assessoria SRTS 14/10/2020 Polícia

Objetivo é intensificar o apoio e a segurança nas propriedades rurais

Lançamento da operação nesta terça-feira

O Sindicato Rural de Tangará da Serra, o núcleo da Aprosoja de Tangará da Serra e o 7° Comando Regional, por meio do 19° Batalhão de Polícia Militar, realizaram na manhã desta terça-feira, 13, o lançamento da operação “Segurança no Campo”. O principal objetivo é intensificar o apoio e a segurança nas propriedades rurais nesta época do ano, solucionando os principais problemas como os roubos e furtos de defensivos agrícolas, gados e maquinários, além de outros tipos de delitos.


“Precisamos nos fortalecer e nada melhor do que nós estarmos aqui para mostrar para os produtores rurais e a sociedade que somos os maiores interessados que isso dê certo e, juntos com a Aprosoja e a Polícia Militar estamos realmente empenhados”, declarou a diretora do Sindicato Rural, Eloiza Zuconelli.


De acordo com a delegada coordenadora do núcleo da Aprosoja de Tangará da Serra, Patrícia Pasa, será criado um banco de dados dos produtores. “Vamos contribuir com a agilidade da informação para a Polícia Militar, criando uma planilha com os pontos de coordenadas das propriedades rurais. Essas informações ficarão sob sigilo e responsabilidade dos representantes do Núcleo da Aprosoja. Se acontecer alguma ocorrência, vamos repassar os dados para que a Polícia consiga ter agilidade na operação. Isso é apenas o início de uma grande parceria e tende a ficar ainda melhor”, ressaltou Patrícia.


Para a Polícia Militar, quem mora no campo merece a mesma segurança proporcionada aos cidadãos da cidade. “Essa importante integração entre o Sindicato Rural, a Aprosoja e as forças de segurança é para que as nossas ações possam ser desenvolvidas com maior tranquilidade, sendo elas preventivas e para que nos passem todas as informações e anormalidades, para que junto com a nossa agência regional de inteligência possamos melhorar o nosso planejamento e empregar o efetivo de forma condizente e de forma inteligente, ativando a nossa ostensividade e prevenção até o dia 31 de dezembro. Ainda estamos na época de plantio e nossos produtores rurais precisam de todo o apoio da segurança pública para que continuem trabalhando de forma tranquila. O 7° Comando Regional fez um planejamento e as viaturas serão distribuídas entre Tangará da Serra, Barra do Bugres, Campo Novo do Parecis, com apoio da Força Tática. Faremos bloqueios nas estradas e visitas aos produtores para termos as informações de forma preventiva”, explicou o Tenente Coronel Leite.
 



Notícias da editoria