Diário da Serra

OUTUBRO ROSA – Alerta sobre câncer de mama também vale para homens

O Livre 21/10/2020 Saúde

É raro, representa somente 1% de todos os casos de cânceres de mama, mas não é menos grave

Câncer de Mama também atinge o sexo masculino

No Brasil, em outubro, se acende o alerta sobre o câncer de mama, doença que atinge cerca de 60 mil mulheres por ano. A cor rosa, socialmente ligada ao sexo feminino, passa a estampar prédios públicos e fachadas para reforçar a necessidade do autoexame. Mas elas não são as únicas vítimas.


Apesar de atingir uma pequena porcentagem de homens, casos de câncer de mama também são registrados entre pessoas do sexo masculino. É raro, representa somente 1% de todos os casos de cânceres de mama, mas não é menos grave.


A descoberta do câncer de mama em homens acontece quase sempre “sem querer”, como foi o caso do vendedor Rogério de Souza Silva, de 41 anos. Morador de Tangará da Serra, ele descobriu o nódulo ao voltar de uma pescaria.


O barco usado para a atividade bateu em seu peito. Dias depois, o nódulo apareceu mesmo sem dor. “Procurei o médico e ele achou que o organismo ia absorver, porque não tinha nada de muito anormal. Só que com os dias, foi ficando dolorido e o médico propôs uma cirurgia para retirada”, conta.


A surpresa veio quando o material foi encaminhado para biópsia e o resultado apontou a presença do câncer. A “descoberta” foi em março deste ano. “Fiquei arrasado com o diagnóstico, porque sempre me precavi: praticava esporte, nunca fumei, bebida muito pouco e, com exceção de uma prima, não havia histórico da doença na família”, ele observa.


Vida após o diagnóstico - Após receber o diagnóstico, Rogério faz questão de falar aos amigos sobre o câncer e alertá-los sobre os cuidados. “Pode ser que tem gente que não sabe da incidência. Já encontrei um amigo que relatou um nódulo e recomendei que ele procurasse um médico para se cuidar”.



Notícias da editoria