Diário da Serra

OPERAÇÃO INTEGRADA – Forças de Segurança intensificam ações em Tangará da Serra para coibir crimes

Redação DS 25/10/2020 Polícia

A operação foi batizada de Manaki Avem, que em tupi significa ‘ave tangará’

Segunda fase foi iniciada na sexta-feira

Com o objetivo de intensificar as ações visando coibir crimes e ampliando a sensação de segurança aos cidadãos, as Forças de Segurança Pública de Tangará da Serra – Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Corpo de Bombeiros Militar – iniciaram na última sexta-feira, 23, mais uma fase da Operação Integrada “Manaki Avem - RISP 7”. O Município, através da equipe de Fiscalização Tributária, também participa da operação.


De acordo com o Comandante do Comando Regional VII da Polícia Militar, Coronel Leite, a operação segue sendo realizada na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) de Tangará da Serra pelos próximos dias. “Para que possamos trazer mais segurança para a população”, afirma, ao destacar que a operação foi planejada neste ano para ser executada em três fases. Para isso, vários locais serão fiscalizados e pessoas abordadas.


“Cada órgão tem seu papel fundamental neste tipo de operação, que acaba sendo uma operação repressiva e ostensiva, para tentar inibir a criminalidade no nosso município”, completa o chefe dos investigadores da PJC em Tangará da Serra, Valmir Castrillon.


O Corpo de Bombeiros participará com a fiscalização as edificações e verificação dos preventivos a segurança e pânico. “Os preventivos mínimos seriam extintor de incêndio, iluminação de emergência, sinalização (…) nossa função será verificar a segurança contra incêndio e pânico das edificações, das empresas”. Se identificada alguma irregularidade, a empresa será notificada para regularização.


A operação foi batizada de Manaki Avem, que em tupi significa ‘ave tangará’.



Notícias da editoria