Diário da Serra

PROTEÇÃO – Malwee doa 7,5 mil máscaras ao Lions Clube Tangará da Serra

Redação DS 26/10/2020 Saúde

Às máscaras serão repassadas à população

Entrega realizada na última semana

Reconhecida nacionalmente por sua forte atuação no campo social e ambiental, o Grupo Malwee, uma das maiores empresas do setor têxtil brasileiro, transformou a companhia em uma plataforma de iniciativas socioeconômicas para ajudar o Brasil a superar a crise sanitária provocada pela pandemia de Covid-19.


Entre as iniciativas a campanha nacional “Atitude do Bem”, que neste ano voltou as ações para o doação de máscaras laváveis a entidades de todo o país.


Em Tangará da Serra essas doações foram entregues pela empresa Abrace Malwee ao Lions Clube Tangará da Serra. Foram 7.500 máscaras de TNT duplo, laváveis, entregues pela gerente da Loja de Tangará, Lediane Silva Melo a presidente do clube, Fabíola Tormes. “Queremos agradecer o grupo Malwee pela doação, assim como a iniciativa da empresa Abrace Malwee. Essas máscaras são importantes para que todos nós possamos continuar nos protegendo”, agradece a responsável.


Às máscaras, segundo o clube local, serão repassadas à população, através de campanhas, assim como a entidades locais que necessitarem. “Já fizemos contato com algumas entidades, como o Instituto Lions da Visão e a Casa do Adolescente, e também faremos com outras para levantarmos as necessidades de cada uma delas. Mas aqueles que estiverem precisando de máscaras podem entrar em contato conosco”.


Os contatos podem ser feitos através do telefone 99658-4559.


Vale ressaltar que em todo o estado de Mato Grosso é obrigatório o uso de máscaras faciais por parte da população em estabelecimentos públicos e privados como forma de prevenção ao contágio da Covid-19. A medida atende ainda a obrigatoriedade da Lei 11.110/2020 publicada pelo governo estadual, em abril deste ano.


Além disso, a recomendação de uso de máscaras (compradas ou caseiras) em larga escala tem como base a proteção coletiva, uma vez que muitas pessoas estão infectadas e ainda não apresentaram sintomas da doença.

Notícias da editoria