Diário da Serra

PESQUISA ELEITORAL – Falta d’água impactou negativamente na campanha de Wesley Torres

Redação DS 26/10/2020 Política

A pesquisa foi realizada com 400 pessoas nos dias 23 e 24

Gráfico da rejeição

O Diário da Serra realizou neste final de semana mais uma rodada de pesquisas para conhecer a intenção de voto do eleitor tangaraense. O cenário continua amplamente favorável ao candidato do PSDB, Vander Masson, sendo que ele e o candidato Chico Clemente do PSD cresceram em proporções semelhantes conforme já anunciamos na edição anterior. Wesley Torres do MDB, Claudinho Frare do Republicanos e Jean Piccoli do PSC, além de, juntos, não chegarem a 5% das intenções de voto, viram seus números diminuírem na pesquisa e o primeiro teve crescimento no índice de rejeição.


Quando o eleitor, de posse dos nomes dos cinco candidatos declara em quem não votaria, Wesley Torres subiu de 21,5% das intenções na primeira pesquisa para 32,25% na atual, crescimento de 10,75% de uma para outra pesquisa, quando ocorreram dois fatos que aparentemente se refletirão nos resultados.


O primeiro foi o início do horário eleitoral e o segundo os problemas da água.


Em alguns de seus programas apresentados o candidato do MDB anuncia a atual gestão como sua e do atual prefeito Fábio Junqueira, colocando no ar imagens do seu êxito enquanto secretário de infraestrutura e diretor do Samae, mas os problemas no abastecimento de água percebido por toda população mostraram o contrário. O eleitor indeciso identificou isso como incapacidade.


Esses dois eventos contribuíram para que o número de indecisos diminuísse beneficiando o Chico Clemente e o Vander Massom. O Frare não apareceu na TV e o Jean entrou tardiamente. Ainda temos 20 dias e em política tudo pode acontecer, mas em tempos de pandemia e com um processo de campanha atípico as coisas ficam mais difíceis. Ainda teremos uma terceira pesquisa por volta do dia 7 de novembro.


A pesquisa foi realizada com 400 pessoas nos dias 23 e 24 de outubro de 2020 em vinte e cinco bairros de Tangará da Serra com uma amostragem aleatória representativa da população residente no Município com 16 anos ou mais de idade. A pesquisa foi registrada no TRE com o número MT-08508/2020 e sua margem de erro é de 4,86%, o que significa que os números apresentados nas consultas podem sofrer variações para mais ou para menos em 4,86%, veja os gráficos. O intervalo e confiança da pesquisa é de 95%.
 

Notícias da editoria