Diário da Serra

PESQUISA ELEITORAL – 131 nomes foram lembrados na pesquisa para o Legislativo

Redação DS 27/10/2020 Política

A pesquisa foi realizada com 400 pessoas nos dias 23 e 24 de outubro

Eleição 2020

CONFIRA RESULTADOS DA PESQUISA

A pesquisa para o Legislativo não é precisa como do Executivo, pois a eleição de uma pessoa depende do número de votos que receber, associado a obtenção do quociente eleitoral para confirmar uma ou mais cadeiras por partido, neste caso na Câmara Municipal. Mas ela serve para mostrar os nomes que estão sendo mais lembrados pelos tangaraenses.


Segundo o coordenador da pesquisa, Professor Adavilso Aparecido Parpinelli, o que pode ser percebido durante a aplicação dos questionários, que muitas vezes o eleitor sabe em quem votar mas não lembra o nome, tenta recorrer a anotações, publicações em redes sociais para lembrar e mesmo assim não consegue. “Existe uma grande chance desse eleitor chegar na urna sem saber o nome do candidato”, afirma.


Segundo Adavilso, o que se observa na maioria dos casos, é que o eleitor não sabe ou não conhece os candidatos e isso se deve muito a pandemia que dificultou o trabalho de corpo-a-corpo. “Aqueles que tem eleitorado ativo nas redes sociais poderão se sair melhor, até por que os anúncios de rádio e TV para vereador não são atrativos para prender a atenção do eleitor”, garante.


Nesta segunda rodada de pesquisas apareceram 131 nomes, sendo que desses, 94 nomes receberam apenas uma indicação de voto e os nomes foram registrados exatamente como anunciados pelo eleitor. Veja o quadro com os nomes na imagem.


A pesquisa foi realizada com 400 pessoas nos dias 23 e 24 de outubro de 2020 em vinte e cinco bairros de Tangará da Serra com uma amostragem aleatória representativa da população residente no Município com 16 anos ou mais de idade. A pesquisa foi registrada no TRE com o número MT-08508/2020 e sua margem de erro é de 4,86%, o que significa que os números apresentados nas consultas podem sofrer variações para mais ou para menos em 4,86%, veja os gráficos. O intervalo e confiança da pesquisa é de 95%.



Notícias da editoria