Diário da Serra

Alan Porto assume Secretaria de Educação com compromisso de modernizar e acelerar as ações da pasta

Adilson Rosa | Seduc MT 03/11/2020 Educação

O novo secretário pretende fortalecer o regime de colaboração com os municípios para melhorar o ensino infantil e os anos iniciais do ensino fundamental

Educação

Alan Porto, novo secretário de Estado de Educação, assumiu o cargo nesta terça-feira, 3, com o compromisso de iniciar uma nova missão de gerenciar a posta com quase 40 mil servidores, 759 escolas, mais de 380 mil alunos e orçamento de mais de R$ 3 bilhões. O novo secretário está na pasta desde o início de 2017, atuando na infraestrutura escolar e, depois, na secretaria adjunta Executiva.


Durante a posse, Alan Porto explanou sobre o Projeto Evasão Zero, Gestão 10 que vai modernizar a educação de Mato Grosso. Será uma gestão voltada para uma aprendizagem inovadora, baseada em evidências. “Não vamos inventar a roda. Vamos nos cercar com as melhores práticas pedagógicas existentes em todo o país e traze-las para dentro das escolas.  Nossa equipe está preparada e vamos modernizar a educação do Estado de Mato Grosso”, salienta.
 

Outra novidade será a Secretaria Adjunta de Infraestrutura que atenderá desde equipamento, mobília climatização e pequenos reparos. Com isso, o gestor terá mais tempo para cuidar do pedagógico. São 100 unidades escolares atendidas neste ano e mais 300 escolas até 2022, reforçando a manutenção preventiva e corretiva.
 

Alan Porto pretende fortalecer o regime de colaboração com os municípios para melhorar o ensino infantil e os anos iniciais do ensino fundamental.
 

R$ 449 milhões para o pedagógico
 

O novo secretário anunciou investimentos de R$ 449 milhões, o maior investimento na história de Mato Grosso somente na área pedagógica, o que significa uma valorização tanto do professor como do aluno.
 

O novo titular da pasta garantiu o fortalecimento das formações continuadas para os professores e avaliação permanente dos estudantes. Com isso, será possível acompanhar o aprendizado dos alunos. “Vamos ter grandes resultados no aprendizado porque cada etapa da avaliação será um ganho significativo para cada aluno e para o planejamento do professor”, assegura.
 

Será implantado o Sistema Estruturante de Ensino, uma solução educacional que prevê material pedagógico de excelência para todos os alunos da rede estadual. Estão previstos a aquisição de chromebooks (computador portátil específico para a educação), considerado tecnologia de ponta.
 

O novo secretário anunciou também o Programa Profissão 4.0, que haverá a instalação de Fab Labs - laboratórios abertos ao público para que a comunidade possa participar, contribuir e aprender com ferramentas tecnológicas que estão disponíveis no mercado, mas dificilmente podem ser utilizadas por um cidadão comum — como uma impressora 3D ou uma cortadora a laser.
 

“Em pleno Século 21 não podemos aceitar que nossos alunos não tenham noção de informática”, frisa.
 

A secretária Marioneide Kliemaschewsk, que permaneceu 20 meses na titularidade da pasta, agradeceu a oportunidade de ter trabalho pela educação pública de Mato Grosso. Disse que vai alçar novos voos na educação.

Notícias da editoria