Diário da Serra

Cursos da Unemat de Tangará são bem avaliados em Guia de Ensino nacional

Assessoria Unemat 31/10/2020 Educação

Atualmente o Campus de Tangará da Serra tem nove cursos ofertados, sendo que a maioria deles vem obtendo desempenho positivo no Guia desde o ano passado

Educação

Sete cursos da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), campus Tangará da Serra, foram bem avaliados na última edição do Guia da Faculdade, desenvolvido pelo jornal O Estado de São Paulo (Estadão) em parceria com a startup Quero Educação. Os cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Enfermagem e Letras obtiveram quatro estrelas, uma avaliação muito boa, enquanto os cursos de Administração, Ciências Contábeis e Engenharia Civil receberam três estrelas, uma avaliação boa.


Considerado um importante índice da qualidade de ensino superior para as universidades brasileiras, o Guia de Faculdade, antigo Guia do Estudante, está em sua segunda edição e foi publicado no último domingo (25). Ao todo, foram avaliadas 14.343 cursos de graduação de instituições de ensino superior em todo o Brasil, um percentual equivalente a 90% das instituições cadastradas junto ao Ministério de Educação (MEC).


Com avaliação muito boa, o curso de Enfermagem de Tangará tem despontado como um dos mais bem avaliados da área de saúde em Mato Grosso. Para a atual coordenadora do curso, a professora Denize Rupolo DallAgnol, a avaliação positiva é um indicativo das melhorias obtidas pela Enfermagem nos últimos anos. “Sabemos que ainda temos muitos desafios, mas esta avaliação reflete o bom trabalho conjunto (corpo docente, discente e técnico) que desenvolvemos durante estes anos. Diversas melhorias na formação dos acadêmicos já foram realizadas e esperamos agregar ainda mais melhorias para o curso e nas próximas avaliações alcançar índices melhores”, analisa Denize.


Atualmente o Campus de Tangará da Serra tem nove cursos ofertados, sendo que a maioria deles vem obtendo desempenho positivo no Guia desde o ano passado, enquanto o curso de Letras recebe conceito quatro estrelas desde 2017. Para o Diretor Político, Pedagógico e Financeiro do Câmpus, Magno Alves Ribeiro, o resultado atingido pelos cursos mostra a dedicação dos servidores. “Com os critérios analisados, ficamos muito contente com o resultado atingido pelos nossos cursos, fruto de um trabalho continuo de nossos servidores”, comenta Magno.


Sobre a avaliação
 

De acordo com o portal do Guia de Faculdade, cada curso é avaliado numa escala de 1 a 5 estrelas e em três critérios distintos: qualidade do corpo docente, qualidade do projeto pedagógico e qualidade da infraestrutura. Nesta edição, a avaliação foi realizada por mais de 9 mil coordenadores e professores do ensino superior brasileiro, que se cadastraram de forma voluntária e sem remuneração.

Notícias da editoria