Diário da Serra

NESTA SEMANA – Justiça Eleitoral realiza carga e lacre das urnas eletrônicas de Tangará da Serra e Nova Olímpia

Fabíola Tormes / Redação DS 02/11/2020 Política

O processo corresponde à inserção de informações oficiais

A geração de mídias será realizada nesta quarta

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), através da 19ª Zona Eleitoral de Mato Grosso, realizará esta semana a Cerimônia de Geração de Mídias, Carga, Lacre das Urnas Eletrônicas e de Conferência Visual para as Eleições de 2020.


De acordo com edital, assinado pelo Juiz Eleitoral Angelo Judai Junior, a geração de mídias será realizada nesta quarta-feira, 4 de novembro, às 8h, nas dependências do Cartório da 19ª Zona Eleitoral.


Já a cerimônia de carga e lacre de urnas eletrônicas de Tangará da Serra e Nova Olímpia será na quinta e sexta-feira, dias 5 e 6, no Centro Cultural Pedro Cultural Pedro Alberto Tayano, às 8h. O processo corresponde à inserção, em cada uma das urnas que serão utilizadas no dia da votação, de informações oficiais referentes aos dados dos candidatos e eleitores de cada seção eleitoral.


Para finalizar, no dia 11 de novembro, será realizada a conferência visual e verificação de dados das urnas lacradas de Tangará da Serra e Nova Olímpia, nas dependências do Fórum da Comarca de Tangará da Serra. “Verificadas urnas que apresentem inconsistências, as mesmas receberão a devida manutenção assim que identificadas, e se as inconsistências ensejarem nova Cerimônia de Carga e Lacre esta ocorrerá assim que terminada a conferência visual da totalidade das urnas lacradas”, ressalta o magistrado.


A cerimônia é aberta e terá o acompanhamento dos representantes do Ministério Público Eleitoral, Ordem dos Advogados do Brasil e os fiscais dos partidos políticos e coligações, convocados a comparecerem nas cerimônias, a fim de acompanhar e auditar os trabalhos a serem desenvolvidos.


Para o chefe do Cartório Eleitoral, Luiz Gustavo Romko, esta será uma oportunidade para todos acompanharem os processos internos de uma eleição, e, principalmente, garantirem a transparência do processo eleitoral.  “A imprensa pode acompanhar e filmar a preparação das urnas com a carga dos dados e a lacração das urnas após a carga”.

Notícias da editoria