Diário da Serra

NOVEMBRO DE 2010 – Acusado de atropelar e matar trabalhadora vai a júri popular

Fabíola Tormes / Redação DS 04/11/2020 Polícia

O júri inicia nesta quinta, às 9h, no Fórum da Comarca de Tangará

Elaine dos Santos foi atingida por um veículo em frente a Marfrig

Há quase 10 anos, completos no próximo dia 13 de novembro, Elaine Aparecida dos Santos, na época com 30 anos, foi atingida por um veículo desgovernado e morreu na hora.


Naquela sexta-feira, por volta das 17h50, na Rua paralela à Rodovia MT 358, Km 07, na Vila Esmeralda, em frente ao Frigorífico Marfrig, o acusado Jeferson Santos Durães dirigia o veículo Gol que atingiu a vítima. Ele fez o teste de alcoolemia onde foi constatado que havia consumido quantidade de álcool acima do permitido por lei.


Hoje, 10 anos depois do ocorrido, o acusado irá a júri popular, pois,  segundo o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, ele dirigia com “evidente excesso de velocidade e sob efeito de álcool, culminando com o seu capotamento e, em consequência, o atropelamento da vítima Eliane Aparecida dos Santos”.


“Relata que, na tarde dos fatos, o denunciado retornava com seu veículo na companhia do amigo W.C.S.V., do Balneário próximo à Cachoeira da Anhambi, onde haviam passado o dia e fizeram a ingestão de bebidas alcoólicas, sendo que ao se aproximar do centro de Tangará da Serra, no local já mencionado, tentou realizar a ultrapassagem de uma carreta que seguia à sua frente, ocasião em que perdeu o controle de seu veículo, seguindo-se ao capotamento e colhimento da vítima, que se encontrava num canteiro marginal da via pública, a qual veio a óbito imediatamente”, relatou o MP, em denúncia apresentada a Justiça, ao declarar ainda que a velocidade máxima permitida para trafegar naquela via era de 40 km/hora, enquanto que a velocidade do veículo do denunciado na cena do crime era de 101,4 km/hora.


O denunciado foi preso em flagrante delito no dia dos fatos e colocado em liberdade, mediante recolhimento de fiança, no dia seguinte. Desde então a família acompanha o caso, para que a justiça seja feita. O júri inicia nesta quinta-feira, 5, às 9h, no Fórum da Comarca de Tangará.

Notícias da editoria