Diário da Serra

EDUCAÇÃO INFANTIL E O DIÁLOGO

Valdinéia Estevão Rampim Vieira 05/11/2020 Artigos

Na literatura revela que a primeira infância (0 a 6 anos) é um período biológico que condiciona a criança para o resto da vida

Artigos

A importância da educação e o diálogo na infância é fundamental para o desenvolvimento da criança, pois é nesta valiosa fase de suas vidas que se lançam as bases para o futuro. 


Quando citamos educação, não nos referimos apenas à aquisição de conhecimentos acadêmicos. O termo também inclui a parte cognitiva, aquela que se refere à formação da criança em valores. Todas as informações que coletamos nos primeiros anos de vida nos ajudam a viver no mundo e a nos desenvolver plenamente como pessoas. É por isso que a educação infantil é tão importante. 


Os primeiros seis anos de vida, são os que existem as melhores condições para se adquirir as ferramentas que nos permitirão a desenvolver e viver em qualquer situação ao longo da vida. Daí a importância da educação e o diálogo nos primeiros momentos da vida da criança. 


Na literatura revela que a primeira infância (0 a 6 anos) é um período biológico que condiciona a criança para o resto da vida. É o momento em que o cérebro estabelece as bases de seu funcionamento complexo. Ao observarmos uma criança percebemos o quão longe sua curiosidade pode levá-la por tudo ao seu redor. Este grande potencial favorece a aquisição de conhecimento nesta fase. 


Neste período todos os estímulos e mensagens que a criança recebe são organizados em sua mente para formar respostas às diferentes situações pessoais que irá enfrentar. O processo de aprendizagem e seu crescimento como pessoa dependem das conexões intelectuais e emocionais dessas mensagens. É por este motivo a importância de proporcionar uma educação saudável.


Dar as respostas certas ou oferecer coisas prontas não é educação. Para que sejam protagonistas de suas próprias decisões e consequentemente de seus próprios erros, devemos mostrar o caminho do aprendizado. Assim, eles irão se desenvolver e construir sua própria personalidade e suas capacidades intelectuais e físicas. Com isso favorece para seu crescimento pessoal e integração profissional e social. 


Esta grande aventura da educação, o papel do professor é essencial tão importante quanto o ambiente familiar que a criança está inserida. É fundamental que se sintam valorizadas e protegidas neste processo educacional, emocional e curricular, que se torne eficaz e seja um verdadeiro motor de desenvolvimento para a construção de sociedades mais justas e equitativas. 


Existem quatro valores que nos mostram a importância da educação na primeira infância e que sua falta ocasionará sério impacto em seu desenvolvimento futuro; A Confiança que nos dá a força necessária para enfrentar as adversidades e os problemas do cotidiano afim de alcançarmos o sucesso pessoal; A Segurança nela temos as ferramentas certas para enfrentar diferentes situações, e se sentimos mais seguros e confiantes para superar qualquer obstáculos que ocorrer ao longo da vida; A Capacidade de Tomada de Decisão; e a Felicidade a confiança em si mesmo, assim como nas próprias habilidades, é a chave para não desistir e alcançar a meta. Atingir os objetivos que nos propormos a realizar como pessoas nos permite desenvolver-nos como seres mais felizes e realizados.

Valdinéia Estevão Rampim Vieira – Pedagoga, Especislita em Educação Infantil. neiameell@hotmail.com

Notícias da editoria