Diário da Serra

ELEIÇÕES MUNICIPAIS – Vander Masson é eleito prefeito de Tangará da Serra com 72,73% dos votos válidos

Fabíola Tormes / Redação DS 16/11/2020 Política

Vander Masson teve a preferência de 31.606 eleitores

Resultado das eleições municipais 2020

Vander Alberto Masson, o Vander Masson (PSDB) e Marcos Scolari (PTB) foram eleitos prefeito e vice-prefeito, respectivamente, de Tangará da Serra, pela coligação ‘É tempo de união’, composta pelo PDT, PSL, PTB, Podemos, PL e PSDB.


Com o voto de 31.606 eleitores – 72,73% dos votos válidos, eles comandarão a cidade na Gestão 2021-2024. “Quero agradecer todo o carinho, toda a recepção que tivemos em todo esse período, quer seja nas visitas nas suas casas, nas ruas e avenidas, nas empresas (…) o meu muito obrigado, de coração mesmo”, agradeceu o novo prefeito de Tangará da Serra.


“Sou uma pessoa responsável, mas essa eleição de hoje veio aumentar meu compromisso com o povo de Tangará, que nos depositou essa confiança, que acreditou em nossa proposta e agora contem comigo. Vou trabalhar dobrado para atender a expectativa dessa população que tanto precisa do calor humano, precisa de diálogo, precisa de atenção, de recepção”, continuou, afirmando que conta da ajuda de todos, desde os servidores, o empresariado, a Câmara de Vereadores, Assembleia Legislativa, Governo do Estado de Mato Grosso e União.


Quanto ao resultado expressivo nas urnas, Vander afirmou que é o reflexo de toda uma trajetória de vida e trabalho, além do anseio de mudança da população. Nós apresentamos o caminho da paz, da alegria, do amor, da união e a população entendeu e votou maciçamente. Este é o resultado de toda essa união, com Deus acima de tudo”, declarou.


“E a partir do dia 1º [de janeiro] a prefeitura estará de portas abertas para toda a população. Vou representar todos os eleitores de Tangará da Serra, independente de raça, credo ou partido político, se votou ou não para mim. Podem ter certeza que meu coração bate muito forte por Tangará e pela nossa população”.


RESULTADO - Em segundo lugar, com 5.812 votos (13,38%) ficou o candidato Francisco Carlos Clemente, o Chico Clemente (PSD) e Marli Franchini (PSB) da Coligação ‘Por um governo solidário e mais saúde’; e em terceiro Wesley Lopes Torres, o Wesley Torres (MDB) e Amauri Paulo Cervo (PP), da Coligação ‘Coragem para seguir mudando’, com 3.928 votos (9,03%). Cláudio Agostinho Frare, o Claudinho Frare, e Professor Rodrigo Rodrigues, do Republicanos, obtiveram 1.744 (4,01%); e Jean Michel Sanches Piccoli, o Jean Piccoli e Dora Santos, do Partido Social Cristão (PSC) conquistaram 369 (0,85%).


Votos em branco totalizaram 1.371 (2,94%); nulos foram 1.782 (3,82%); a abstenção foi de 32,78%. O comparecimento total foi de 46.607 eleitores.

Notícias da editoria