Diário da Serra

Fávaro e Bolsonaro discutem avanço da ferrovia em Mato Grosso e regularização fundiária

Assessoria Senador 03/12/2020 Política

Diversos assuntos foram tratados no encontro na manhã desta quinta, que também contou com a participação do ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos.

Política

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) convidou o senador Carlos Fávaro (PSD-MT) para uma reunião no Palácio do Planalto na manhã desta quinta-feira, 3. Em pauta, diversos assuntos foram tratados no encontro que também contou com a participação do ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos.


Bolsonaro aproveitou a oportunidade para parabenizar o senador pela vitória na eleição suplementar realizada no último dia 15 de novembro, confirmando o mandato de Fávaro pelos próximos seis anos. O ministro destacou que o senador tem sido um aliado nos projetos do governo federal e o presidente se declarou feliz com o resultado do pleito.
 

“Tratamos dos projetos estruturantes para o Brasil e para Mato Grosso. O lema ‘menos Brasília e mais Brasil’ está acontecendo. O presidente é municipalista e tem liberado recursos para os municípios e o Congresso tem feito a sua parte”, explicou o parlamentar.
 

Uma das principais áreas de atuação do senador, a regularização fundiária foi destacada como uma das pautas mais importantes pelo presidente. Aliada a isso, a regularização ambiental, incluindo a discussão sobre as reservas indígenas, também foi tema de discussão com o presidente. “A regularização fundiária e a regularização ambiental precisam andar juntas para dar regularidade, segurança jurídica e desenvolvimento das pequenas propriedades”, ponderou o senador.


Bolsonaro, por sua vez, destacou total apoio ao tema, que considera uma pauta sua e chamará a base para apoiar e colocar em vigor os projetos que tratem do avanço na regularização de terras no Brasil.
 

Quanto à infraestrutura logística de Mato Grosso, que tem dimensões continentais, o senador demonstrou seu empenho em relação aos projetos para avanço do traçado das ferrovias que cruzam o estado. “Mato Grosso é um celeiro e essa modalide (ferrovia) abandonada no Brasil tem o apoio dele”, ressaltou Bolsonaro ao falar do compromisso de Fávaro com o avanço da malha ferroviária. Bolsonaro também se comprometeu a, junto ao Ministério da Infraesturura, trabalhar pela realização do entroncamento rodoferroviário em Mato Grosso.

Notícias da editoria