Diário da Serra

Governo adia para janeiro entrega de maquinários e equipamentos; solenidade estava marcada para segunda

Luciana Cury | Seaf-MT 21/12/2020 Geral

Na solenidade a ser realizada no próximo mês, serão entregues 42 patrulhas mecanizadas, 200 resfriadores de leite, 100 caixas de mel e 7,6 mil doses de sêmen bovino

Geral

O Governo de Mato Grosso adia para janeiro a solenidade de entrega de equipamentos, bens e itens para uso na agricultura familiar. O evento que ocorreria nesta segunda-feira, 21, no pátio do ginásio Aecim Tocantins, terá nova data anunciada em breve.


Na solenidade a ser realizada no próximo mês, serão entregues 42 patrulhas mecanizadas, 200 resfriadores de leite, 100 caixas de mel e 7,6 mil doses de sêmen bovino. A entrega faz parte da ação MT Produtivo, da Secretaria de Estado Agricultura Familiar (Seaf-MT), que integra o Programa Mais MT, lançado em outubro e que prevê recursos na ordem de R$ 9,5 bilhões em investimentos públicos durante a gestão (2019-2022).
 

Além das entregas, durante o evento será assinado o certificado que habilita a prefeitura de Juscimeira a integrar o programa ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf), iniciativa do Governo do Estado que tem como objetivo permitir e viabilizar que pequenos agricultores possam vender seus produtos (queijo, salame, mel e outros) para outras cidades de Mato Grosso.
 

Entregas
 

Cada uma das 42 patrulhas mecanizadas é composta por um trator agrícola 4×4 com potência de 110 CV, uma carreta basculante com capacidade para seis toneladas e uma grade aradora com 18 discos de 28 polegadas.
 

Essas máquinas foram adquiridas com recursos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e custaram R$ 4,9 milhões, com contrapartida do Governo do Estado de R$ 2,7 milhões. Juntos esses recursos totalizam R$ 7,6 milhões em investimentos. No total serão 42 cidades beneficiadas com o maquinário.
 

Já os 200 resfriadores de leite com capacidade de armazenamento de até mil litros serão destinados a 67 cidades. Além da entrega de resfriadores de leite, que serão de uso de cooperativas e associações ligadas à atividade leiteira, a Seaf promove também outra ação voltada ao fomento à produção de leite: a doação de embriões e sêmen bovino de alto padrão genético e produtividade.
 

Também será feita a entrega oficial de 7,6 mil doses de sêmen, parte sexado (semên direcionado para nascimento de bezerro fêmea) e parte convencional (pode nascer tanto macho ou fêmea) de cinco raças diferentes: Holandesa, Jersey, Girolando ¾, Girolando 5/8 e Gir leiteiro.  Todas elas com base genética forte voltada para a produção de leite.
 

A doação das primeiras 100 caixas de abelhas, montadas com madeira apreendida em fiscalizações realizadas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e construídas pelas mãos de reeducandos da Fundação Nova Chance, será feita ao cacique Kamoriwa’i Elber Tapirapé, da aldeia Tapi’itãwa (Urubu Branco), pertencente ao povo indígena Tapirapé, da cidade de Confresa.
 

O município servirá de projeto piloto na inserção da comunidade indígena no trabalho de fortalecimento que o Governo do Estado começa a realizar em prol da apicultura em Mato Grosso.

Notícias da editoria