Diário da Serra

SAÚDE – Tendência é converter Hospital Municipal em Regional

Sergio Roberto / Enfoque Business 22/12/2020 Política

Declaração foi dada em coletiva na manhã desta terça-feira

Hospital Municipal de Tangará da Serra

O Hospital Municipal de Tangará da Serra deverá ser convertido em Hospital Regional, mantido pelo Estado. Foi o que disse o prefeito eleito Vander Masson, durante entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (22), na sala de reuniões da ACITS.


Masson considera a pré-disposição do governo estadual e vê o aproveitamento da atual estrutura do Hospital Municipal Arlete Daisy Cichetti de Brito como a solução mais ágil para dotar o município de uma unidade hospitalar regional, capaz de atendimentos de média e alta complexidades. 


“Vejo os benefícios que um hospital regional representaria para a população de Tangará da Serra e da região”, disse, afirmando que já iniciou conversações com o governador Mauro Mendes sobre a possibilidade.


Sobre a área que já estaria reservada pelo município para a construção do Hospital Regional – junto à Avenida Ignácio Bittencourt, proximidades da rotatória do Cristo Redentor -, Vander não descarta a possibilidade, mas destaca que a construção de uma nova estrutura para abrigar um hospital regional poderia demorar anos. “Improvável, demandaria muito tempo. O Hospital Central de Mato Grosso, por exemplo, ficou com as obras paradas por mais de 30 anos”, ponderou.


Ao longo de todo o ano de 2020, deputados estaduais pediram a implantação do Hospital Regional em Tangará da Serra. Em março de 2020, Paulo Araújo (PP) apresentou indicação a respeito junto ao governo do estado. Em novembro, Faissal Calil (PV) também reforçou tal necessidade. No último dia 16, a Assembleia Legislativa aprovou emenda no valor de R$ 20 milhões, apresentada por Araújo e Dr. João (MDB) para a implantação de dois HR’s em Tangará e Juína.
 

Notícias da editoria