Diário da Serra

Polícia Civil não descarta a possibilidade de rapto da criança

Vitor Hugo Batista / Midia News 28/12/2020 Polícia

Menino foi encontrado no aterro de Lucas do Rio Verde, onde buscas já haviam sido feitas anteriormente

Polícia

Após o menino de 2 anos ser encontrado na tarde deste domingo, 27, no aterro sanitário de Lucas do Rio Verde, a Polícia Civil continua as investigações para tentar desvendar o desaparecimento. 


O garoto desapareceu na tarde de quinta-feira, 24, véspera de Natal. Os pais o deixaram dormindo no quarto enquanto consertavam um disjuntor. Ao retornarem, não encontraram o filho. 


A criança foi encontrada por volta das 15h15 pelo Corpo de Bombeiros no aterro sanitário do município, a 1.450 metros de onde desapareceu. 
 

As equipes receberam a ligação de um morador da cidade, que trabalha no local, e informou seu paradeiro. 
 

Seu estado de saúde é estável. Ele possuía vários arranhões nas pernas e também apresentava assaduras na virilha, possivelmente de caminhadas extensas em região de mata.
 

Em razão desses ferimentos, os investigadores trabalham com a hipótese de que o garoto pode ter chegado ao local sozinho, mas não descartam a possibilidade de ter sido abandonado ali por outra pessoa. 
 

"Agora as investigações policiais continuam. Queremos saber as circunstâncias em que a criança chegou ao local. O inquérito policial tem 30 dias para ser concluído, quando teremos uma solução cabal do fato", disse o delegado Eugênio Rudy Junior. 

Notícias da editoria