Diário da Serra

CDL pede ao governador reabertura de leitos de UTI para pacientes com Covid-19 em Sinop

G1MT 29/12/2020 Saúde

Sinop registrava no dia 1º de dezembro 8.389 casos de Covid-19 e 136 mortes em decorrência da doença. Nessa segunda-feira (28), o número de casos era de 9.721 e 146 mortes.

Saúde

Preocupados com o aumento de casos de Covid-19 em Sinop, e principalmente na região norte do estado, que reflete na ocupação dos leitos de UTIs do Hospital Regional de Sinop, que é o Hospital de Referência para tratamento de Covid na região, membros da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Sinop procuraram o governador Mauro Mendes (DEM) para solicitar que sejam reativados os 10 leitos de UTIs que estão desabilitados.


Conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde, Sinop registrava no dia 1º de dezembro 8.389 casos de Covid-19 e 136 mortes em decorrência da doença. Nessa segunda-feira (28), o número de casos era de 9.721 e 146 mortes.


O Hospital Regional atende não só os pacientes de Sinop, mas cerca de 500 mil pessoas, que correspondem a população de 14 municípios, do Consórcio de Saúde do Vale do Teles Pires: Cláudia, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Lucas do Rio Verde, Nova Maringá, Nova Mutum, Nova Ubiratã, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, Sinop, Sorriso, Tapurah, União do Sul e Vera.
 

Atualmente o Hospital Regional conta com apenas 19 leitos de UTIs e 29 leitos de enfermaria específicos para Covid a disposição desta população, mas no auge da pandemia o Hospital chegou a contar com 29 leitos de UTIs. Como os casos de Covid foram reduzindo e chegou ao fim o contrato destes leitos extras, não houve renovação e os leitos foram desativados. Porém, os casos voltaram a crescer e a ocupação dos leitos também, o que preocupa as autoridades e toda população.
 

A CDL Sinop encaminhou ofício ao governador, ao secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo, e ao diretor do Hospital Regional de Sinop, Jean Carlos Alencar.

Notícias da editoria