Diário da Serra

Covid-19: Prefeito acata recomendação do MP e cita limitação de RH na linha de frente

Sergio Roberto / Enfoque Business 31/12/2020 Saúde

A notificação do MP é motivada pelo recrudescimento da pandemia do novo coronavírus na região

Saúde

O prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira (MDB), confirmou nesta quarta, 30, o acatamento da Notificação Recomendatória (SIMP n.º 001074-033/2020) da 1ª Promotoria de Justiça Cível de Barra do Bugres para cancelamento e proibição de qualquer evento festivo de virada ano, além do cumprimento rigoroso dos protocolos de prevenção em estabelecimentos comerciais.


A notificação do MP é motivada pelo recrudescimento da pandemia do novo coronavírus na região. Portanto, além de Tangará da Serra, as recomendações valem para Barra do Bugres, Nova Olímpia, Denise, Porto Estrela, Campo Novo do Parecis e Sapezal.
 

Segundo Junqueira, em Tangará da Serra ainda vigora os efeitos das medidas de prevenção decretadas ao longo deste ano, desde o início da pandemia do novo coronavírus, quando dos primeiros registros da doença no município. “Estamos negando pedidos de alvarás para eventos. E, quanto aos estabelecimentos que possuem alvarás anuais, não significa que podem promover estes eventos festivos”, alertou.
 

Ele destacou, porém, a necessidade de conscientização dos munícipes – em especial aos mais jovens – para que aglomerações em locais públicos (praças, avenidas e canteiros de vias públicas) sejam evitadas. “É uma questão de consciência de cada cidadão. Todos devem pensar em suas famílias, que precisam ser preservadas nesta pandemia”, disse.
 

Gravidade e dificuldades
 

O prefeito, que conclui seu mandato nesta quinta-feira, 31, dando lugar ao eleito Vander Masson a partir de amanhã (sexta, 01/01), fez pronunciamento pelas redes sociais, com divulgação pela imprensa local, e destacou a gravidade da situação provocada pela pandemia. Os leitos de enfermaria estão todos ocupados no Hospital Municipal, onde os leitos de UTI também estão com pacientes em sua maior parte (mais de 60%). Também não há mais vagas para internação na rede privada.


Além da alta taxa de ocupação dos leitos de enfermaria e de UTI, Fábio Junqueira destacou as dificuldades enfrentadas com o desgaste dos recursos humanos (RH), das equipes de médicos e enfermeiros que atuam no tratamento dos pacientes acometidos pela Covid-19.
 

A atuação na linha de frente tem resultado no contágio destes profissionais e consequente afastamento das funções. “Há uma carência muito grande de profissionais que atuam na linha de frente, e isso representa uma grande dificuldade que estamos enfrentando”, relatou.
 

Apelo
 

Vander reforça pedido de conscientização dos munícipes em relação à pandemia. O prefeito eleito Vander Masson reforçou o pedido de conscientização aos munícipes quanto aos cuidados relacionados à prevenção da Covid-19.


Vander tem participado, a convite, das reuniões do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus e, assim, tem conhecimento em detalhes do quadro da pandemia no município.
 

Em entrevista concedida à Rádio Tangará agora pela manhã, o gestor que assumirá a prefeitura a partir de amanhã, sexta-feira, reforçou os pedidos de que sejam evitadas as aglomerações e que os protocolos de prevenção sejam cumpridos à risca pela população. “Não temos mais leitos na rede privada e praticamente não temos mais vagas no Hospital Municipal”, observou.


O prefeito eleito deverá anunciar novas medidas relacionadas à pandemia logo nos primeiros dias após a posse. O rigor das medidas será de acordo com a situação da pandemia.

Notícias da editoria