Diário da Serra

AÇÕES EMERGENCIAIS – Sinfra inicia operação tapa buracos e manutenção de estradas de Tangará da Serra

Fabíola Tormes / Redação DS 10/01/2021 Geral

São ações emergenciais, que seguirão pelas próximas semanas

Manutenção das estradas não pavimentadas

SINFRA INICIA OPERAÇÃO TAPA BURACOS E MANUTENÇÃO DE ESTRADAS DE TANGARÁ DA SERRA

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) de Tangará da Serra, sob coordenação do vice-prefeito Marcos Scolari (PTB), iniciou a gestão com ações voltadas à população, nas áreas urbana e rural.


Já na primeira semana de trabalho, os servidores da Infraestrutura iniciaram uma operação tapa buracos, para restaurar a pavimentação asfáltica das vias pública do Município, assim como a manutenção de estradas não pavimentadas, entre outras melhorias.


“A equipe de tapa buracos está trabalhando todos os dias, inclusive já fizemos a Tancredo Neves, Avenida Brasil, Ismael José do Nascimento e finalizando hoje [sexta-feira] em frente a Campo Erê”, destaca o secretário Marcos Scolari, ao garantir que o trabalho seguirá nas próximas semanas.


“Vai atrasar um pouco na semana que vem [nesta semana], mas intensificaremos na próxima, redobrando o número de servidores no trabalho. O que que acontece: a gestão anterior deixou a gente sem material para trabalhar. Então, estamos correndo atrás, em tempo recorde, para adquirir esse material e chegando, retomaremos o trabalho”.


A expectativa é de dentro de 30 dias finalizar a manutenção de todas as vias pavimentadas do município. “Vamos dobrar o pessoal, com três equipes, para resolver isso em tempo bem curto, em toda a cidade”, afirma, ao esclarecer que o trabalho será realizado em dias em que o tempo estiver com sol.


Nesta primeira semana foram também realizadas a manutenção das estradas de acesso as comunidades Ararão, Bandeirantes, Palmital e Pecuama, manutenção e recuperação no Assentamento Antônio Conselheiro, entre as Agrovilas 13 e 17; assim como a manutenção e pintura de faixas de pedestres e outros serviços de limpeza. “São prioridades, metas a curto prazo, que nos foram passadas pelo prefeito Vander”.


São metas ainda, a curto prazo, a implementação de ações de engenharia de tráfego e operação de trânsito, a fim de promover a segurança e a fluidez; a padronização de acessibilidade em calçadas e passeios públicos; promoção de ações de educação para o trânsito de modo a reduzir o número de acidentes nas vias públicas do município; a limpeza das bocas de lobo, de forma a evitar alagamentos nas vias e a contaminação dos córregos; reativação da limpeza mecânica de ruas e avenidas; criação de corredores alternativos para melhorar a mobilidade urbana; instalação de semáforos em pontos estratégicos para ordenar o trânsito e segurança para os usuários; e a construção e limpeza de esgotos (bigodes) e aceiros nas estradas rurais.


LONGO PRAZO – PROLONGAMENTO DA TANCREDO E CONSTRUÇÃO DE CICLOVIAS SÃO METAS DA SINFRA

Trabalhando para uma gestão voltada ao crescimento e desenvolvimento do município, para a melhor qualidade de vida das pessoas, o grande desafio será conciliar o crescimento com o desenvolvimento.


Para isso, metas a curto, médio e longo prazo foram traçadas em todas as secretarias municipais, como da Infraestrutura, entre elas a construção do prolongamento da Avenida Tancredo Neves até a Avenida Zelino Lorenzetti e a implantação de ciclovias no perímetro urbano.


“Propostas são coerentes, integradas e serão viabilizadas por meio de políticas públicas exequíveis e participativas que combinadas com a confiança do povo tangaraense possibilitarão as mudanças necessárias preparando o Município para um futuro promissor e de desenvolvimento sustentável”.


São metas ainda, da pasta, melhorar o transporte coletivo, bem como construir pontos de ônibus e demais serviços e estruturas necessárias ao atendimento do cidadão; manter a infraestrutura urbana em perfeitas condições, como praças, parques, jardins, guias e sarjetas e calçadas públicas; viabilizar o novo Terminal Rodoviário e readequar o existente, para Terminal de Transporte Coletivo Urbano; viabilizar o término da duplicação do Anel Viário; implantar a Avenida Alvadi Monticelli com pista dupla no trecho entre a Avenida Tancredo Neves até a rotatória do anel viário/Alto da Boa Vista; viabilizar em conjunto com o Governo Estadual a duplicação dos trechos entre a Unemat e a Serra Tapirapuã; e do barro Dona Júlia à Comunidade da Linha 12.



Notícias da editoria