Diário da Serra

Em extraordinária, Câmara votará crédito de R$ 8 milhões para pessoal, insumos e medicamentos

Enfoque Business 15/01/2021 Saúde
Foto: Facebook Vereador Rogério Silva

O projeto de lei 001/2021, para abertura de crédito especial no valor de R$ 8,24 milhões, foi encaminhado à Câmara Municipal pelo Executivo para contratação de pessoal e aquisição de insumos e medicamentos exclusivamente para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus em Tangará da Serra.

 

A confirmação ocorreu ontem à tarde, em post na página do Facebook (foto acima) do vereador Rogério Silva (DEM), após reunião na prefeitura entre o prefeito Vander Masson (PSDB) e vereadores. Também participaram da reunião membros do primeiro escalão do Executivo.

 

A matéria será apreciada em sessão extraordinária, neste sábado, às 09hs, no plenário do Legislativo local.

 

Os recursos pleiteados serão utilizados na contratação de pessoal – 103 profissionais, sendo seis médicos e 14 profissionais de enfermagem e técnicos em caráter emergencial – conforme já mencionado pelo prefeito em entrevista coletiva no início da semana passada.



Demanda

A demanda crescente imposta em Tangará da Serra pela pandemia do novo coronavírus (aliada ao desgaste e a redução das equipes de atendimento) motivou a propositura pela contratação de pessoal e aquisição de medicamentos e insumos.

 

O objetivo é suprir as necessidades dos plantões na rede pública de saúde e reforçar o atendimento aos pacientes. Segundo boletins divulgados pelo Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus, do último dia 04 até ontem (quinta, 14) foram registrados 3.787 atendimentos de pacientes com suspeita de Covid-19.

 

Além da insuficiência nas equipes para atendimento e cumprimento de plantões nas UPA, URA e no Hospital Municipal Arlete Daisy Cichetti de Brito, há baixas relacionadas aos afastamentos por férias. “Os profissionais estão desgastados e precisam de férias. Sabemos das dificuldades que temos em relação ao pessoal, mas também temos de pensar no servidor. Eles estão no limite”, disse o prefeito, em entrevista concedida semana passada.

Notícias da editoria