Diário da Serra

Saúde de Tangará define hoje com Estado logística de vacinação contra Covid

Bem Notícias 18/01/2021 Saúde

Em suas redes sociais o governador publicou Estado desenvolveu uma verdadeira força-tarefa para que a vacina chegue aos municípios em tempo recorde

Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra se reunirá nesta segunda-feira, 18, com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) com o objetivo, de acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, de tratar sobre a vacinação contra a COVID-19 e a logística de vacinação.


No domingo, 17, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) autorizou o uso emergencial das vacinas CoronaVac e da Universidade de Oxford contra a COVID-19. Logo em seguida, o governo do Estado de São Paulo aplicou a primeira vacina da CoronaVac.
 

De acordo com o Ministério da Saúde a vacinação em todo o território brasileiro deve iniciar nesta segunda-feira, 18, a partir das 17h (horário de Brasília).
 

Em Mato Grosso, governador Mauro Mendes afirmou que as vacinas chegam ao Estado ainda nesta segunda-feira. O gestor esteve reunido nesta manhã com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e demais governadores, para discutir a distribuição dos imunizantes.
 

CRONOGRAMA ESTADUAL – De acordo com o governador, nos próximos dias deverão chegar mais doses de vacinas a Mato Grosso, dentro do Plano Nacional de Imunização, para imunizar toda a população.
 

“O Governo Federal centralizou a aquisição de vacinas. Tentamos comprar direto por Mato Grosso, mas recebemos uma negativa. Estamos conversando com outros laboratórios, mas é muito difícil, então vamos seguir o Plano Nacional de Imunização”, relatou.
 

MAURO MENDES – Em suas redes sociais o governador publicou Estado desenvolveu uma verdadeira força-tarefa para que a vacina chegue aos municípios em tempo recorde, por meio do Plano Estadual de Operacionalização contra a Covid-19.
 

Informou que Mato Grosso conta, além de toda a estrutura por terra, com seis aeronaves do Ciopaer para dar apoio no transporte das vacinas, caso seja necessário.
 

Mato Grosso, segundo ele, adquiriu 3,5 milho~es de seringas para garantir a vacinação e outros lotes estão em processo de aquisição. As vacinas serão escoltadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, Polícias Federal e Rodoviária Federal, e Ministério da Defesa.

Notícias da editoria