Diário da Serra

Maqueiro de UTI é o 1º a ser vacinado contra Covid-19 em Cuiabá

G1MT 20/01/2021 Saúde

O atendimento por agendamento será iniciado nesta quinta-feira, 21. Os profissionais da saúde devem fazer o agendamento online para a imunização nos próximos dias.

Saúde

A campanha de vacinação contra a Covid-19 em Cuiabá começou na manhã desta quarta-feira, 20, no Centro de Eventos do Pantanal. Foram vacinados 10 profissionais de saúde do Hospital Referência à Covid-19, do Hospital São Benedito e de um hospital particular.


O primeiro a ser vacinado foi o maqueiro João Acassio de Moraes, de 47 anos. Ele trabalha na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Covid-19 do Hospital Municipal São Benedito.
 

Todos foram vacinados pela técnica de enfermagem Lucinei Rodrigues, de 59 anos, que atua no setor de imunização do SUS há 21 anos.
 

Também foi vacinado o suplente de ex-deputado federal José Augusto Curvo (conhecido como Tampinha), de 71 anos. Ele atua há 47 anos em unidades privadas e públicas.
 

Ainda foram vacinados os seguintes profissionais:
 

  • Cervantes Caporrossi, médico UTIs e Centros Cirúrgicos há 42 anos
  • Maíra Sandes, médica plantonista na UTI do São Benedito, plantões na UTI geral e visitadora das UTIs COVID Geral.
  • Dercilio de Souza Ferreira, 49 anos. Enfermeiro do Hospital Covid, antigo Pronto-Socorro
  • Jaklyne Thayane de Arruda Soares, 28 anos, assistente social de UTI no São Benedito
  • Thuany Meira Girando, 29 enfermeira e coordenadora de enfermagem da UTI São Benedito.


O atendimento por agendamento será iniciado na quinta-feira, 21. Os profissionais da saúde devem fazer o agendamento online para a imunização nos próximos dias.


Por questão de segurança, o acesso ao Centro de Eventos do Pantanal estará restrito durante toda a campanha de imunização.
 

Cuiabá recebeu, nesta primeira etapa, 23.117 doses da vacina. No entanto, parte delas serão destinadas para outros dez municípios da região metropolitana, entre eles Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Acorizal e Barão de Melgaço. Desta forma, Cuiabá receberá 17 mil doses.
 

Distribuição das vacinas
 

A distribuição das vacinas contra a Covid-19 começou na terça-feira, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Foram encaminhados por aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), os imunizantes para as regionais de Rondonópolis, Diamantino, Tangará da Serra, Pontes e Lacerda e Cáceres.


Por volta das 15h dessa terça-feira, também foram distribuídas as primeiras vacinas aos municípios de Cuiabá e Várzea Grande. A distribuição dos imunizantes será realizada na Rede de Frio, localizada no Bairro Coophema, na capital.
 

O estado recebeu do Ministério da Saúde, nesta primeira fase, 126.160 doses da vacina, que contemplará 60.074 pessoas, com duas doses.
 

Etapas da vacinação
 

Nessa primeira fase receberão as doses os profissionais da saúde, idosos que vivem em asilos e indígenas. Na segunda fase, receberão a vacina a população de 70 a 74 anos; seguida da população de 65 a 69 anos; e depois os idosos entre 60 e 64 anos.
 

A terceira fase vai contemplar as pessoas com as seguintes comorbidades: diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave.
 

Já a quarta fase vai imunizar os professores, profissionais das forças de Segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade.
 

Casos de Covid-19
 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira, 202.125 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.846 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.


Foram notificadas 1.991 novas confirmações de casos de coronavírus e 31 mortes nas últimas 24 horas. Dos 202.125 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.649 estão em isolamento domiciliar e 187.566 estão recuperados.
 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 280 internações em UTIs públicas e 345 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 70,84% para UTIs adulto e em 39% para enfermaria adulto.

Notícias da editoria