Diário da Serra

NOVA LEGISLATURA – “Uma Câmara diferente”, acredita o presidente do Poder Legislativo de Tangará

Fabíola Tormes / Redação DS 21/01/2021 Política

“A gente precisa ouvir a sociedade e a Câmara quer fazer isso através de audiências públicas, com assuntos relevantes”

Câmara Municipal de Tangará da Serra

“Uma Câmara diferente”, acredita o presidente do Poder Legislativo de Tangará

Assim como previsto na Lei Orgânica, a Câmara Municipal de Tangará da Serra deu início aos trabalhos ordinários desta 11ª Legislatura. A primeira sessão ordinária foi realizada no dia 19 de janeiro, com a presença dos 14 vereadores e de líderes eclesiásticos.


Para o presidente do Poder Legislativo, Fábio de Brito – Fabão (PSDB), foi uma sessão tranquila, com a participação de líderes das igrejas Evangélica e Católica “para abençoar este início de trabalho do Ano Legislativo e Legislatura. (…) Foram palavras fortes e precisas em prol do bem estar geral de nossa cidade, pedindo união e paz para que Tangará da Serra seja uma cidade justa e próspera”


Após as bênçãos, os 14 vereadores usaram a tribuna para registrar apontamentos, solicitações e apresentar demandas ao Executivo, assumindo o compromisso e a responsabilidade de desenvolverem ações por meio da união em prol da comunidade e do fortalecimento da Instituição. “Os discursos também vieram alinhados neste sentido de união, mostrando uma Câmara diferente, atenta, preocupada e pronta para atender e resolver as demandas do nosso Município”, destaca o presidente, que ao lado dos demais vereadores, trabalhará para alcançar esses objetivos.


“Temos a Câmara Municipal da quinta maior cidade do Estado de Mato Grosso e a gente precisa ter ações mais próximas da sociedade”, acrescenta, ao destacar alguns projetos que implementará nesses dois anos frente ao Parlamento Municipal, entre elas a Câmara Mirim, dando oportunidade para alunos de escolas municipais elegeram seus 14 representantes, vereadores mirins, que terão a oportunidade de conhecer e participar um dia, simbolicamente, da função do vereador. “O intuito é aproximar mais a Câmara da sociedade e trazer já, desde cedo, esse exercício da cidadania, os deveres e direitos dos cidadãos”.


Outro projeto são as sessões itinerantes nos distritos e bairros da cidade, assim como a realização de audiências públicas para discussão de assuntos relevantes e polêmicos, antes da tomada de decisões no plenário. “A gente precisa ouvir a sociedade e a Câmara quer fazer isso através de audiências públicas, com assuntos relevantes”.


Buscará ainda uma maior aproximação com a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso e o Congresso Nacional. “Precisamos desse alinhamento para buscarmos recursos e também cobrar nossos representantes”.


Além disso, buscará parcerias com sociedade civil e instituições para orientação ao cidadão, assim como fará a administração dos recursos da Câmara Municipal com zelo e responsabilidade. “E a Câmara Municipal está de portas abertas para discutir qualquer assunto e poder ajudar da melhor forma possível”.


Câmara constitui Comissões Permanentes e formaliza relatorias

Durante a abertura oficial dos trabalhos, nesta terça, 19, foi também formalizada as comissões permanentes e a definição de relatorias para o biênio 2021-22, na Câmara Municipal de Tangará da Serra.


As comissões são órgãos técnicos que prestam auxílio ao funcionamento do Poder Legislativo, por meio da realização de debates detalhados entre seus membros, que analisam as propostas de lei e exercem funções legislativas e fiscalizadoras, ao atuarem sobre a emissão de relatórios e projetos em tramitação.


Composição dos órgãos:

• Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação Final - Eduardo Sanches, Rogério Silva e Ademir Anibale;

• Comissão Permanente de Finanças e Orçamento - Ademir Anibale, Eduardo Sanches e Romer Japonês;

• Comissão Permanente de Educação e Esportes - Professor Sebastian, Elaine Antunes e Ademir Anibale;

• Comissão de Saúde, Assistência Social, Cidadania e Direitos Humanos - Dr. Bandeira, Professor Sebastian e Davi Oliveira;

• Comissão de Comércio, Turismo, Indústria, Obras e Serviços Públicos - Davi Oliveira, Eduardo Sanches e Edmilson Porfírio;

• Comissão de Agricultura e Meio Ambiente - Nivaldo Leiteiro, Davi Oliveira e Rogério Silva.



Notícias da editoria